Auxílio Estadual garante ajuda de R$ 150 com parcelas prorrogadas

Governo do Amazonas anuncia consolidação de novo benefício social para população vulnerável. Cerca de 300 mil famílias deverão passar a ser contempladas com uma mensalidade permanente de R$ 150. A criação do auxílio faz parte das medidas que objetivam reduzir os impactos do novo coronavírus.

Auxílio Estadual garante ajuda de R$ 150 com parcelas prorrogadas (Imagem: Diário do Nordeste)
Auxílio Estadual garante ajuda de R$ 150 com parcelas prorrogadas (Imagem: Diário do Nordeste)

Cada vez mais próximo do fim do auxílio emergencial, os governos estaduais passaram a reforçar suas políticas públicas locais. No Amazonas, o governador Wilson Lima (PSC) informou que estará criando um novo abono para os moradores em situação de vulnerabilidade. O projeto contou com um investimento de R$ 450 bilhões e passará a ser concedido em novembro.

Detalhes novo o novo auxílio Amazonas

Considerada umas das regiões mais afetadas pela covid-19, o governo estadual deverá beneficiar cerca de 158 mil famílias em Manaus e outras 142 mil no interior com mensalidades de R$ 150. Para ter acesso, no entanto, é preciso estar registrado no Cadastro Único e não ter comprovação de renda fixa.

Seu pagamento deve passar a ser feito a partir do dia 1 de novembro, uma vez em que a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) já aprovou a proposta.

Os valores serão entregues através de um cartão magnético elaborado também pela gestão local, sendo utilizado exclusivamente nos estabelecimentos credenciados para a aquisição de alimentos e itens de higiene.

“As famílias em vulnerabilidade social foram as mais prejudicadas durante a pandemia e necessitam de um reforço para recomeçar. Estamos lançando um programa totalmente voltado para as pessoas em situação de vulnerabilidade e esse pagamento inicia logo no dia 1º de novembro. A proposta é aquecer a economia”, informou o governador.

Segundo a Secretaria de Assistência Social (Seas), o estado conta hoje com cerca de 400 mil famílias enquadradas nos indicativos de pobreza ou extrema pobreza.

Entre elas, há mulheres chefes de família que são provedoras de renda, famílias que contam com pessoas com deficiência e idosos, além de pessoas que recebem até meio salário-mínimo.

Para mais informações sobre o auxílio Amazonas ou demais abonos sociais ofertados pelo país, acompanhe nossa página exclusiva de benefícios. Por meio dela você tem acesso aos calendários de pagamento, período de candidatura, solicitação e mais.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 3

Auxílio Estadual garante ajuda de R$ 150 com parcelas prorrogadas

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA