Transferências internacionais usando cartão de crédito ganham facilidade

Nesta quinta-feira (9), o Banco Central (BC) divulgou uma regra que facilita as transferências internacionais usando cartão de crédito. De acordo com a norma, a transação acontecerá de modo similar a uma compra, sem que o banco precise realizar uma operação de câmbio. A medida passará a valer no dia 1º de outubro.

Transferências internacionais usando cartão de crédito ganham facilidade
Transferências internacionais usando cartão de crédito ganham facilidade (Imagem: Pixabay)

Por meio de cartão de crédito, será possível realizar transferências internacionais de pequeno valor, de acordo com o chefe de subunidade do Departamento de Regulação Prudencial e Cambial do Banco Central, Lucio Holanda Oliveira.

Segundo ele, esta sistemática será mais rápida, simples e barata.
Oliveira afirma que o banco poderá disponibilizar o serviço. Quando um brasileiro enviar dinheiro para alguém no exterior, poderá transferir com o cartão de crédito. Assim, a transação estará presente na fatura no fim do mês.

Antes desta norma, ele explica que havia a necessidade de fazer uma operação de câmbio para cada remessa — para que o valor fosse liberado na outra ponta.

A medida também permite a transferência de pessoas que vivem no exterior para o Brasil. Nessa situação, o cidadão poderá receber o dinheiro por meio do cartão de crédito, mas será preciso ter uma conta vinculada para que a quantia seja depositada.

No entendimento do técnico, a medida deve favorecer quem trabalha fora do país e envia quantias regularmente para a família. Isto se deve porque “recebemos mais recursos que enviamos”, de acordo com ele.

Normalmente, as transferências internacionais são feitas por brasileiros no exterior que enviam valores para familiares no Brasil. Outra situação comum é de pais que vivem no Brasil e mandam valores para filhos que estudam fora.

Transferências internacionais usando cartão de crédito poderão ter tarifas

Segundo Oliveira, há a possibilidade de existir cobranças de tarifas para transferência por meio do cartão de crédito. Contudo, ele acredita que, devido à competição pela oferta do serviço, os custos serão baixos ou nulos.

O técnico alega que a taxa cambial aplicada deve ser utilizada pelo emissor do cartão com referência ao valor do respectivo dia. Desse modo, será parecido com as situações de compras por cartões — nas quais a taxa aplicada é a do dia da compra. Oliveira ressalta que a pessoa não estará sujeita à variação cambial.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Transferências internacionais usando cartão de crédito ganham facilidade

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA