Presidente do Banco do Brasil nega saída do Febraban e garante ‘página virada’

O presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro, afirmou que o comunicado da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), na última quinta-feira (2), encerra o impasse entre o banco e a federação. Assim, ele alega que o BB segue como associado. A declaração foi feita em entrevista ao Globo.

Presidente do Banco do Brasil nega saída do Febraban e garante 'página virada'
Presidente do Banco do Brasil nega saída do Febraban e garante ‘página virada’ (Imagem: Divulgação/Banco do Brasil)

Após a Febraban elaborar um manifesto a favor da democracia, houve o rumor de que o Banco do Brasil e a Caixa sairiam da Febraban. No entendimento do governo, esse texto seria um ataque à gestão Bolsonaro.

A decisão do Banco do Brasil e da Caixa, de permanecer na Febraban, teria sido por determinação do presidente Jair Bolsonaro. Esta informação foi revelada pelo blog do Valdo Cruz, do G1, conforme indicado por assessores presidenciais.

Nesta quinta-feira (2), a Febraban havia emitido uma nota reafirmando o apoio ao manifesto “A Praça é dos Três Poderes”. Esse texto defende a harmonia institucional no Brasil. Além disso, a federação tinha afirmado que respeitava as posições do BB e da Caixa.

Em nota, a Febraban ainda declarou que a questão do manifesto está encerrada. Ela informou que não se vinculará a decisões da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

A Fiesp tinha assumido a organização do manifesto. Por conta da repercussão negativa por parte do governo, a divulgação foi adiada.

Diante da desvinculação da Febraban ao manifesto da Fiesp, o presidente do BB afirmou que a cúpula do banco “entende que o caso foi encerrado”.

Nota oficial do Banco do Brasil

Nesta sexta-feira (3), em nota, o Banco do Brasil informou que não possui intenção de se desassociar da Febraban. A instituição alega que “reafirma seu respeito pelos pares e sua admiração pela importante história construída pela Federação em seus mais de 50 anos de existência”.

O BB declara que a decisão acontece depois de “negociações respeitosas entre os membros da Febraban ocorridas nesta semana”. A instituição financeira também reconhece “o esforço empreendido por todos na busca pelo diálogo e por soluções imediatas.

Além disso, o Banco do Brasil acredita que este fato poderá, por fim, ajudar a reforçar os mecanismos internos da Febraban “que favoreçam o diálogo e reforcem o papel da Febraban como importante agente de desenvolvimento do país”.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Presidente do Banco do Brasil nega saída do Febraban e garante ‘página virada’

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA