Calendário de depósitos da 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial 2021

Novos calendários do auxílio emergencial já estão disponíveis. Nessa semana, o governo federal passou a autorizar os saques da quinta parcela do benefício. Com isso, os segurados passam a se preparar para receber a sexta rodada que deverá ser iniciada já no próximo dia 17. Acompanhe as datas.

Calendário de depósitos da 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial 2021 (Imagem: Reprodução/ Diário do Nordeste)
Calendário de depósitos da 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial 2021 (Imagem: Reprodução/ Diário do Nordeste)

A concessão do auxílio emergencial permanece sendo o assunto econômico mais recorrente no Brasil. Ofertado desde abril de 2020, o benefício vem dando suporte para milhares de brasileiros que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus. Neste ano, terá um total de 7 parcelas, depositadas entre abril e outubro.

Saques da quinta parcela

Nesse momento, os segurados que não estão vinculados ao Bolsa Família vêm realizando o saque da quinta parcela. O procedimento pode ser feito em uma agência da Caixa Econômica ou unidade das lotéricas.

A autorização garante ainda a possibilidade de realizar transferências por PIX e TEDs. Neste caso, o serviço é feito exclusivamente pelo caixa tem.

Pagamento da sexta parcela

Com o fim dos saques da atual rodada, a Caixa iniciará o pagamento da sexta parcela. Os primeiros contemplados são os vinculados ao Bolsa Família que terão o deposito e saque permitidos no dia 17 deste mês. Já o público geral receberá o abono a partir do dia 21, com autorização de retirada prevista para 4 de outubro.

Sexta parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento para beneficiários do Bolsa Família

  • NIS com final 1: 17 de setembro
  • NIS com final 2: 20 de setembro
  • NIS com final 3: 21 de setembro
  • NIS com final 4: 22 de setembro
  • NIS com final 5: 23 de setembro
  • NIS com final 6: 24 de setembro
  • NIS com final 7: 27 de setembro
  • NIS com final 8: 28 de setembro
  • NIS com final 9: 29 de setembro
  • NIS com final 0: 30 de setembro

Sexta parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento (depósito em conta) para público geral

  • Nascidos em janeiro – 21 de setembro
  • Nascidos em fevereiro – 22 de setembro
  • Nascidos em março – 23 de setembro
  • Nascidos em abril – 24 de setembro
  • Nascidos em maio – 25 de setembro
  • Nascidos em junho – 26 de setembro
  • Nascidos em julho – 28 de setembro
  • Nascidos em agosto – 29 de setembro
  • Nascidos em setembro – 30 de setembro
  • Nascidos em outubro – 1º de outubro
  • Nascidos em novembro – 2 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 3 de outubro

Calendário da sétima parcela do auxílio

Por fim os últimos depósitos devem ocorrer entre outubro e novembro, havendo também a divisão de ambos os grupos:

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento para beneficiários do Bolsa Família

  • NIS com final 1: 18 de outubro
  • NIS com final 2: 19 de outubro
  • NIS com final 3: 20 de outubro
  • NIS com final 4: 21 de outubro
  • NIS com final 5: 22 de outubro
  • NIS com final 6: 25 de outubro
  • NIS com final 7: 26 de outubro
  • NIS com final 8: 27 de outubro
  • NIS com final 9: 28 de outubro
  • NIS com final 0: 29 de outubro

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento (depósito em conta) para público geral 

  • Nascidos em janeiro – 20 de outubro
  • Nascidos em fevereiro -21 de outubro
  • Nascidos em março – 22 de outubro
  • Nascidos em abril – 23 de outubro
  • Nascidos em maio – 23 de outubro
  • Nascidos em junho – 26 de outubro
  • Nascidos em julho – 27 de outubro
  • Nascidos em agosto – 28 de outubro
  • Nascidos em setembro – 29 de outubro
  • Nascidos em outubro – 30 de outubro
  • Nascidos em novembro – 30 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 31 de outubro

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 39

Calendário de depósitos da 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial 2021

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA