DF acredita em movimentação de R$ 24 milhões com início do Cartão Gás

Lançado no dia 10 de agosto, o Cartão Gás do Distrito Federal poderá injetar cerca de R$ 24 milhões nas distribuidoras de gás de cozinha até dezembro de 2021. Esta é uma estimativa do secretário de Economia, André Clemente, junto a empresários e representantes do Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de Gás LP do DF (Sindvargas-DF).

DF acredita em movimentação de R$ 24 milhões com início do Cartão Gás
DF acredita em movimentação de R$ 24 milhões com início do Cartão Gás. (Imagem: Secretaria de Economia DF)

Através do Cartão Gás no valor de R$ 100 a cada bimestre, cerca de 70 mil famílias em situação de vulnerabilidade social serão capazes de adquirir um botijão de gás de 13 kg. A iniciativa terá 18 meses de duração, com o propósito de garantir os meios para a segurança alimentar dos beneficiários. 

Durante o evento que reuniu os envolvidos no Cartão Gás do DF, o secretário André Clemente, destacou que o programa tem dois objetivos, amparar as famílias carentes e estimular o mercado de revenda de gás de cozinha, sobretudo, diante da alta constante do produto nos últimos meses.

Ele ainda explicou que as ações não visam apenas o fluxo financeiro, mas principalmente, o bem estar dos mais necessitados. 

“Vocês são um elo muito importante de nossa economia e para este programa. Graças a esta união, vamos alcançar mais famílias, melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas, além de movimentar a economia”, ponderou o secretário. 

O presidente do Sindvargas-DF também se posicionou sobre o programa Cartão Gás do DF. Para ele, trata-se de uma iniciativa extremamente importante para auxiliar no crescimento das empresas deste ramo através de uma ação social em prol das pessoas mais afetadas pela pandemia que ainda estão com dificuldades de se restabelecer financeiramente. 

O representante do Sindicato ainda alegou que 80% das revendedoras de gás do Distrito Federal consistem em micro e pequenos negócios familiares.

“São pessoas que precisam dessa venda que será garantida pelo GDF e que vai dinamizar o setor”, concluiu. 

As distribuidoras de gás de cozinha interessadas em participar do programa Cartão Gás do DF devem se inscrever na Secretaria de Economia. Junto à pasta é necessário preencher um termo de adesão além de entregar toda a documentação mencionada na Portaria nº 211, hospedada no menu do benefício no portal da Secretaria de Economia. 

Enquanto isso, as famílias beneficiárias do Cartão Gás serão contempladas pela ferramenta emitida exclusivamente pelo Banco de Brasília (BRB).

A lista final com a seleção dos cidadãos elegíveis ao programa será divulgada no dia 31 de agosto. A expectativa é para que os pagamentos comecem a ser efetuados a partir do mês de setembro. 

https://www.youtube.com/watch?v=VWVtvSrli1Q&t=27s&ab_channel=FDR-Finan%C3%A7as%2CDireitos%2CRenda

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 4

DF acredita em movimentação de R$ 24 milhões com início do Cartão Gás

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA