Calendário de vacinação em SP acabou para maiores de 18 anos; vão haver repescagens?

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou no dia 6 de agosto que vai manter a programação de vacinação contra a Covid-19 para adolescentes do estado. Não há datas para uma possível nova repescagem até o momento. Quem não seguiu o cronograma, e tem mais de 18 anos, deve aguardar informações da sua cidade. 

Calendário de vacinação em SP acabou; vão haver repescagens?
Calendário de vacinação em SP acabou para maiores de 18 anos; vão haver repescagens? (Imagem: Cristine Rochol/PMPA)

No dia 9 de agosto houve repescagem para os grupos a partir de 25 anos e vacinação de segunda dose. Na terça (10) e na quarta (11), poderiam se vacinar quem tivesse a partir de 24 anos. Na quinta (12), quem tinha mais de 23 anos. Na sexta (13), 22 anos e, no sábado (14), 21 anos. Não há novas datas para repescagem.

Para quem ainda não tomou a 1ª dose e tem mais de 18 anos, a recomendação é procurar uma UBS ou centro de imunização próximo ao seu endereço, já que estes locais continuam funcionando para a 2ª dose.

E, levar um documento que indique o porquê de não ter se vacinado antes, por exemplo por conta de medicação, por estar com sintomas de Covid-19 e etc. E então, solicitar a aplicação da 1ª dose.

No dia 4 de agosto o governador havia afirmado que o Ministério da Saúde entregou ao estado somente metade do previsto no lote mais recente de vacinas da Pfizer contra a Covid-19. E que por causa disso o início da vacinação para este grupo ficaria “em aberto” até a regularização do repasse. 

Entrega de vacinas

De acordo com Doria, foram acordadas 465 mil doses para SP, porém só foram recebidas apenas 228 mil.

O secretário de Saúde de SP, Jean Gorinchteyn, se reuniu com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a fim de identificar o que ocorreu em relação à distribuição de doses para o estado.

“Está mantido o cronograma que já havia sido anunciado anteriormente. A primeira etapa é para os jovens de 17 e 16 anos e, na sequência, 15, 14, 13, 12 e 11 anos. A prioridade é para os jovens com comorbidades de qualquer idade nesta faixa etária”, disse o governador.

Depois do encontro com o secretário, o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o governo federal e a secretaria irão refazer os cálculos das doses distribuídas para que seja possível alcançar um “denominador comum”.

O imunizante da Pfizer é o único a ter a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação em crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos.

Calendário para crianças e adolescentes

  • 12 a 17 anos (com deficiência e comorbidades): 18 a 29 de agosto
  • 15 a 17 anos (sem comorbidades): 30 de agosto a 5 de setembro
  • 12 a 14 anos (sem comorbidades): 6 a 12 de setembro

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Calendário de vacinação em SP acabou para maiores de 18 anos; vão haver repescagens?

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA