Dataprev vai ser privatizada? Câmara estuda projeto dizendo que sim!

Proposta de privatização da Dataprev é analisada. Nesta sexta-feira (20), a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados irá se reunir para debater o plano de venda da estatal brasileira. Atualmente, ela vem sendo a responsável pelos cadastros do auxílio emergencial.

Dataprev vai ser privatizada? Câmara estuda projeto dizendo que sim! (Imagem: Rede Brasil Atual)
Dataprev vai ser privatizada? Câmara estuda projeto dizendo que sim! (Imagem: Rede Brasil Atual)

Referencia nacional há décadas, a Dataprev poderá ser vendida pelo governo Bolsonaro. A empresa pública é responsável pelo gerenciamento no cadastro dos principais benefícios sociais, como aqueles vinculados do INSS e atualmente o auxílio emergencial.

Um texto sugerindo sua venda foi entregue a Câmara dos Deputados e será debatido ao longo dos próximos dias. A justificativa para o repasse se dá mediante a necessidade de enxugar o orçamento público e ampliar o lucro da União.

Andamento da proposta

O texto que detalha o processo de privatização foi entregue ao plenário 12 e será debatido pelos parlamentares. A população pode acompanhar a análise através da transmissão interativa pelo e-democracia e também pela TV da Câmara.

A realização da ausência foi convocada pelos deputados Erika Kokay (PT-DF) e Carlos Veras (PT-PE). Ambos já se posicionaram contra a venda da Dataprev, alegando que a empresa é de extrema importância para a manutenção e garantia do sigilo dos dados públicos.

Além disso, ressaltaram que é por meio dela que se mantem o sigilo fiscal dos contribuintes e informações do comercio exterior. Além da Dataprev, há a análise de venda também do Serpro.

“Duas empresas são altamente lucrativas, competitivas e geradoras de desenvolvimento e que têm se destacado nos últimos anos pelos resultados financeiros alcançados”, afirmaram os parlamentares citados.

A proposta também contou com a reprovação de demais instituições relevantes como a SBC:

“A Sociedade Brasileira de Computação (SBC), por intermédio de sua diretoria e conselho, manifesta-se com enorme preocupação sobre a eventual privatização do Serpro e da Dataprev, empresas públicas incluídas no plano de desestatização do governo federal, conforme as resoluções 83 e 84, de 21 de agosto de 2019, publicadas em 18 de setembro de 2019 no Diário Oficial da União. Atualmente o processo de privatização está sob estudo do BNDES para definição da modelagem para desestatização, estudo esse realizado por empresas de consultoria contratadas para esse fim”, disse por nota.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 17

Dataprev vai ser privatizada? Câmara estuda projeto dizendo que sim!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA