Fim da prova de vida do INSS foi anunciada no Senado; calendário cancelado?

Na última quarta-feira (11), os senadores aprovaram a suspensão da prova de vida para os beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) até 31 de dezembro de 2021, por causa da pandemia. O projeto seguiu para a sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Fim da prova de vida do INSS foi anunciada no Senado; calendário cancelado?
Fim da prova de vida do INSS foi anunciada no Senado; calendário cancelado? (Imagem: Reprodução/ ES Brasil)

Anualmente, a comprovação deve ser realizada nos bancos onde o segurado recebe o pagamento ou nas agências do INSS. Esse procedimento estava suspenso desde o mês de março de 2020, porém voltou a ser solicitado em junho deste ano.

O senador Jorge Kajuru (Podemos-GO), relator do texto, reconheceu que o mecanismo é relevante pois evita fraudes, mas ressaltou que ele deve ser suspenso devido aos riscos provocados pela pandemia.

O calendário ainda está mantido?

Enquanto o projeto não for sancionado, os beneficiários do INSS precisam continuar a realizar a prova de vida de acordo com as regras do instituto a fim de evitar o corte do pagamento.

Para informações em relação ao calendário, o beneficiário pode entrar em contato com a instituição onde recebe os benefícios ou ligar para o telefone 135.

Em agosto, conforme o cronograma do INSS, será a vez de quem teria que fazer a comprovação entres os meses de julho e agosto do ano passado.

A maioria dos segurados podem fazer a prova de vida no banco responsável pelo pagamento do benefício, preferencialmente na agência onde a conta foi aberta. É preciso levar um documento de identidade com foto, que pode ser o RG, a carteira de motorista ou a carteira de trabalho.

Biometria

Alguns bancos também possibilitam que a prova de vida seja realizada através de biometria, nos caixas eletrônicos ou nos seus próprios aplicativos, caso o beneficiário já tenha a biometria cadastrada.

Beneficiários que têm dificuldade de locomoção ou deficiência precisam ir presencialmente?

Os beneficiários que não puderem ir ao banco por dificuldades de locomoção ou por motivo de doença podem realizar a prova de vida por meio de um procurador cadastrado no INSS. Para idosos com mais de 80 anos, existe a possibilidade de solicitar o atendimento em casa, também pelo telefone 135.

Aqueles que perderem a data necessitam ir presencialmente ao banco efetuar a regularização. Depois de seis meses do fim do prazo, o benefício é encerrado por falta da renovação da senha e será necessário recorrer ao Meu INSS para a reativação.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 7

Fim da prova de vida do INSS foi anunciada no Senado; calendário cancelado?

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA