Doria culpa governo federal por falta de doses da vacinação no Rio de Janeiro

João Doria (PSDB), governador do Estado de São Paulo (SP), continua responsabilizando o Governo Federal pela falta de doses para dar continuidade ao calendário de vacinação. Desta vez, o impasse afetou o Rio de Janeiro (RJ), que precisou suspender a aplicação da primeira dose por dois dias nesta semana. 

Doria culpa governo federal por falta de doses da vacinação no RJ
Doria culpa governo federal por falta de doses da vacinação no RJ. (Imagem: Carta Capital)

Em contato com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), Doria disse que o ocorrido é por “incompetência do governo federal”.

Na situação específica do Estado de SP, houve o recebimento de um lote com quantidade reduzida nos últimos dias, se tornando um impasse para o avanço do calendário de vacinação conforme planejado. 

Em resposta, o Ministério da Saúde explicou que esta diferença no quantitativo foi a maneira encontrada pelo Governo Federal para compensar o envio de doses extras em lotes anteriores e equilibrar a distribuição.

Na oportunidade, o prefeito do RJ, Eduardo Paes, sugeriu que os repasses da CoronaVac fossem realizados diretamente ao Governo do Rio de Janeiro, sem intermediários evitando atrasos.

Mesmo criticando as atitudes do Governo Federal através do Ministério da Saúde, João Doria respondeu a Eduardo Paes que não poderia interferir no repasse de doses, pois segue as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI).

O único repasse direto tem sido feito para as prefeituras paulistas, tendo em vista que é responsabilidade do Governo Federal o repasse dos imunizantes para os respectivos municípios.

Paes alegou ter recebido no último lote, 37.962 doses de vacinas destinadas à vacinação de adultos com 24 anos ou mais. Ele ressaltou que a quantidade ideal para atender esse público seria 68 mil doses, e que mesmo com o estoque reduzido não irá remanejar vacinas reservadas para a segunda dose. O que resultou na suspensão temporária do calendário de imunização. 

Para Doria, esses atrasos e o envio de lotes com capacidade reduzida são resultados da incompetência do Governo Federal. “11,2 milhões de vacinas estocadas e não distribuem”, lembrou o governador do Estado de São Paulo. 

No decorrer desta semana, várias cidades suspenderam o calendário de vacinação em virtude da falta de doses. Somente na capital paulista, 43% dos postos de vacinação sofrem pela falta da vacina da AstraZeneca, que seria destinada à aplicação de segundas doses. 

Dos 553 postos de vacinação em funcionamento na cidade de São Paulo nesta quinta-feira, 12, 239 alegaram não possuir doses da vacina. Em outros locais a falta se referia a doses da Pfizer e da CoronaVac, também para a conclusão do esquema vacinal.

https://www.youtube.com/watch?v=SmI1bdROZkM&t=88s

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Doria culpa governo federal por falta de doses da vacinação no Rio de Janeiro

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA