Por que abono do PIS/PASEP não foi pago aos trabalhadores em 2021?

O abono salarial PIS/PASEP é pago todos os anos aos trabalhadores. Porém, neste ano, o Governo Federal decidiu suspender os pagamentos do segundo semestre. A ideia é fazer os saques no próximo ano, junto com o abono de 2022.

Por que abono do PIS/PASEP não foi pago aos trabalhadores em 2021?
Por que abono do PIS/PASEP não foi pago aos trabalhadores em 2021? (Imagem: Jornal Bom Dia)

O Governo Federal decidiu suspender os pagamentos de abono salarial PIS/PASEP para usar esse recurso em medidas voltadas para minimizar os impactos gerados pela pandemia de Covid-19.

Com isso, será possível pagar o Benefício de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm). Esse voltou a vigorar, devido ao aumento de casos de Covid-19 e a necessidade de fechar os pontos comerciais e adotar medidas restritivas mais severas.

A suspensão do pagamento do PIS/PASEP foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) em acordo com o Governo, empresas e trabalhadores. O foco, neste momento, é manter e preservar o trabalho dos brasileiros, mesmo diante da pandemia.

Com a suspensão do pagamento do abono salarial, cerca de 10,8 milhões de brasileiros foram atingidos. A suspensão é temporária e permitirá que os trabalhadores saquem o valor em até cinco anos.

O PIS/PASEP 2021 do segundo semestre só estará disponível em janeiro de 2022. Com isso, o Governo Federal deixará de repassar entre R$ 7,6 bilhões a R$ 8,1 bilhões. O acordo feito no Codefat definiu que o pagamento do abono acontecerá no primeiro semestre de cada ano.

PIS/PASEP

O PIS é destinado aos trabalhadores da rede privada, sendo o benefício de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago aos servidores públicos pelo Banco do Brasil. O valor recebido depende do tempo de trabalho exercido no ano base:

  • 1 mês trabalhado: R$ 92;
  • 2 meses trabalhados: R$ 184;
  • 3 meses trabalhados: R$ 276;
  • 4 meses trabalhados: R$ 368;
  • 5 meses trabalhados: R$ 460;
  • 6 meses trabalhados: R$ 552;
  • 7 meses trabalhados: R$ 664;
  • 8 meses trabalhados: R$ 736;
  • 9 meses trabalhados: R$ 828;
  • 10 meses trabalhados: R$ 920;
  • 11 meses trabalhados: R$ 1.012;
  • 12 meses trabalhados: R$ 1.100.

Critérios do PIS/PASEP

  • Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos com carteira assinada no ano-base;
  • Ter exercido atividade remunerada para pessoa jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 7

Por que abono do PIS/PASEP não foi pago aos trabalhadores em 2021?

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA