Auxílio emergencial até 2022? Bolsonaro fala sobre extensão do pagamento

Nos últimos dias o presidente da República, Jair Bolsonaro, mencionou a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial até 2022 caso a pandemia da Covid-19 persista. No entanto, esta atitude irá depender do avanço da campanha de vacinação contra a Covid-19. 

É importante ressaltar que o auxílio emergencial de 2021 já foi prorrogado, e pagará mais três parcelas no valor de R$ 150, R$ 250 e R$ 375. A quinta parcela já proveniente da ampliação deve começar a ser paga ainda neste mês de agosto.

Bolsonaro disse estar otimista quanto ao calendário de vacinação, único meio capaz de amenizar expressivamente o cenário da pandemia da Covid-19. Porém reconheceu que, “se porventura continuar, nós manteremos o auxílio emergencial

Mesmo cogitando uma nova prorrogação do auxílio emergencial, Bolsonaro lembrou que o ritmo de recuperação da economia brasileira permanece lento. Por isso, ele acredita que a prioridade deve ser a de investir recursos com o objetivo de auxiliar na evolução da economia, além de economizar em determinados pontos. 

Auxílio emergencial será prorrogado até 2022? O que já se sabe sobre os pagamentos!
Auxílio emergencial será prorrogado até 2022? O que já se sabe sobre os pagamentos! (Imagem: FDR)

Sendo assim, apesar de um auxílio emergencial ter sido implementado em uma excelente hora sendo capaz de amparar famílias em situação de vulnerabilidade social que sofriam com a perda da renda diante dos impactos da pandemia, não é viável que o benefício se torne permanente.

Isso porque, os gastos voltados a esta iniciativa são gigantescos, atitude que não pode continuar diante do endividamento público. 

A rodada atual do auxílio emergencial contempla cerca de 39,1 milhão de brasileiros. A quantia é inferior ao investimento feito em 2020, pois o valor das parcelas também foi reduzido.

Em 2020 o Governo Federal pagava parcelas de R$ 600 e depois R$ 300, além da cota dupla para mães solteiras chefes de família, que receberam R$ 1.200 e R$ 600, respectivamente. 

As parcelas variadas entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375 são pagas pelo Caixa Tem, e devem prevalecer mesmo na prorrogação do auxílio emergencial. Os valores reduzidos permitiram a promoção do benefício este ano e auxiliaram na abertura de um espaço no Orçamento de 2021 para custear o Bolsa Família. 

Ao que tudo indica, o Bolsa Família não será lançado em novo formato neste ano, especialmente se uma segunda prorrogação do auxílio emergencial realmente acontecer.

Entretanto, os trâmites relacionados ao programa de transferência de renda precisam ser concretizados em breve, pois 2022 é ano de eleições, portanto qualquer reformulação fica proibida durante todo este período.

https://www.youtube.com/watch?v=22GM-a5EztM&t=28s

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 15

Auxílio emergencial até 2022? Bolsonaro fala sobre extensão do pagamento

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA