São Paulo confirma para próxima semana vacinação dos maiores de 28 anos

Prefeitura de São Paulo anuncia novo calendário de vacinação. Diante da entrega de novas doses de imunizante, a secretaria de saúde municipal passará a aplicar o medicamento nos adultos acima dos 29 anos. A informação foi confirmada em entrevista ao UOL, pelo gestor da pasta, Edson Aparecido.

São Paulo confirma para próxima semana vacinação dos maiores de 28 anos (Imagem: Sérgio Lima/Poder 360)
São Paulo confirma para próxima semana vacinação dos maiores de 28 anos (Imagem: Sérgio Lima/Poder 360)

Um novo grupo poderá ser imune contra a covid-19 em São Paulo. Os adultos com mais de 28 e 29 anos estarão entrando no calendário de vacinação a partir da próxima semana. Atualmente a campanha vem convocando quem está acima dos 30.

Atualização do calendário

Nesta semana, foram entregues novos lotes da CoronaVac e Pfizer. Desse modo, o secretario municipal de saúde, Edson Aparecido, atualizou a lista de grupos prioritários.

A previsão é de que 90% da população adulta esteja imune até o dia 30 deste mês, confira o cronograma:

  • Amanhã (23): 30 anos
  • Sábado (24): repescagem para grupos anteriores e campanha de 2ª dose para todos os grupos
  • Segunda-feira (26): repescagem para grupos anteriores
  • Terça-feira (27) e quarta-feira (28): 29 anos
  • Quinta-feira (29) e sexta-feira (30): 28 anos
  • Sábado (31): repescagem para grupos anteriores e campanha de 2ª dose para todos os grupos

Agendamento

Quem estiver sendo convocado deve fazer o agendamento pelo portal da vacina. É importante ressaltar a necessidade de exibir, na hora da aplicação, um documento oficial com foto e comprovante de residência.

A cidade reforça que ao chegar no posto selecionado, o cidadão não poderá escolher o tipo de imunizante que deseja receber. A seleção pelas vacinas vem atrasando o cronograma de aplicação, fazendo com que alguns paulistanos fiquem desprotegidos.

Detalhes da vacinação em São Paulo

Atualmente a cidade é uma das mais avançadas na campanha de vacinação. No entanto, há uma preocupação quanto a entrega de doses o suficiente para concluir o ciclo de imunização. Todos os novos convocados têm inicialmente apenas o primeiro imunizante garantido.

O governo federal, via ministério da saúde, determinou que os estados e prefeituras não devem estocar a segunda dose a partir da aplicação da primeira.

A orientação é que todos os lotes enviados sejam destinados para o andamento do calendário, mediante a chegada de novas doses é que são convocadas as segundas dosagens.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.