Guedes assume que economia terá “mudança organizacional” em breve

Nesta quarta-feira (21), o ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou que haverá uma “mudança organizacional” de sua pasta. A afirmação de Guedes aconteceu em uma entrevista para comentar a arrecadação da Receita Federal referente ao mês de junho. Ele não entrou em detalhes sobre como será a reestruturação.

Guedes assume que economia terá "mudança organizacional" em breve
Guedes assume que economia terá “mudança organizacional” em breve (Imagem: Edu Andrade/Ascom/ME)

De acordo com Paulo Guedes, as “novidades são na direção de emprego e renda”. O ministro ainda revelou que o presidente Jair Bolsonaro deve divulgar as notícias em breve.

A declaração de Guedes aconteceu pouco antes de Bolsonaro afirmar que “pequena mudança ministerial deve ocorrer na segunda-feira (26). No entendimento, a reforma ministerial será importante para “continuar administrando o país”.

A possível mudança organizacional citada por Guedes

Segundo informado pela colunista do UOL, Carla Araújo, as mudanças nos ministérios incluem a diminuição da pasta liderada por Paulo Guedes.

Além disso, há a previsão da criação de um novo Ministério do Trabalho — que deverá ter o nome de Ministério do Emprego e da Previdência Social.

Em 2019, no início do governo Bolsonaro, o Ministério do Trabalho foi extinto. Do mesmo modo, outros ministérios da área econômica foram deixados de lado. As pastas foram fundidas para a criação do superministério da Economia.

Para comandar a nova pasta, o principal nome cotado é o do atual ministro da Secretaria-Geral, Onyx Lorenzoni. A colunista Carla Araújo revelou que Paulo Guedes já se reuniu com Onyx para conversar sobre o tema.

De acordo com fontes do governo ao UOL, houve, ao menos, uma condição para que Guedes aceitasse perder uma parte do superministério: a manutenção do atual secretário da Previdência, Bruno Bianco, na nova pasta.

Apesar disso, a colunista afirma que o prosseguimento com Bianco deve ser temporário. Isto seria porque Onyx costuma levar a sua equipe por ministérios onde atuou. A projeção é que Bianco se mantenha, pelo menos, durante o período de transição.

Diante da saída de Onyx da Secretaria-Geral, o nome escolhido seria o do ministro Luiz Eduardo Ramos — que, atualmente, ocupa a Casa Civil. Já na Casa Civil, o lugar seria preenchido pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), integrante do centrão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA