Governo reabre inscrições no auxílio emergencial para pagar novas parcelas?

O Governo Federal estendeu o pagamento do auxílio emergencial até outubro. O benefício seria encerrado em julho, mas vai se estender por mais três meses para os beneficiários.

Governo reabre inscrições no auxílio emergencial para pagar novas parcelas?
Governo reabre inscrições no auxílio emergencial para pagar novas parcelas? (Foto: Montagem / FDR)

Valor das parcelas

O valor do benefício será de R$ 250 e vai variar de R$ 150 a R$ 375 segundo o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

  • Famílias vão receber R$ 250;
  • Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Terá um novo período de inscrição no auxílio emergencial?

Não, o Ministério da Cidadania não abrirá um novo período de candidatura. Sendo assim, só receberá o abono aqueles que já estavam inclusos na folha orçamentária.

Para entrar no projeto é preciso realizar os pedidos de contestação, quando estes forem aprovados pela Dataprev. Nesse caso, o sujeito deve ter sido contemplado pelo auxílio em 2020 e ter o acesso negado neste ano.

Caso seja comprovado que se enquadra nas regras de concessão, a equipe federal passa a liberar as parcelas de forma retroativa.

Onde serão feitos os pagamentos?

Os pagamentos serão realizados por meio da poupança social digital, mais conhecida como Caixa Tem. Essa decisão foi uma das formas encontradas de fazer com que a Caixa aumente a sua gama de clientes e assim possa oferecer mais serviços.

Inicialmente, os beneficiários só podem usar o dinheiro no aplicativo e depois podem realizar o saque.

Auxílio Emergencial

O auxílio foi criado pela lei 13.982/20 para ajudar as pessoas que se encontravam em situação de vulnerabilidade social no período de emergência de saúde pública que foi provocada pela doença.

Foram atendidos os trabalhadores informais e beneficiários do programa Bolsa Família no período da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Inicialmente, seriam pagas apenas 3 parcelas de R$600, mas depois foi prorrogado por mais 2 parcelas e por último até o final do ano.

O programa atendeu até agosto cerca de 67,2 milhões de pessoas, pagando o valor de R$600 e R$1.200 para as mães de família. 

Neste ano de 2021 estão sendo beneficiadas 45,6 milhões de pessoas, 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial no valor de R$ 600.

O depósito e retirada do pagamento continuará sendo realizado pelo aplicativo Caixa Tem, que foi criado para isso.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Governo reabre inscrições no auxílio emergencial para pagar novas parcelas?

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA