Governo de Santa Catarina libera 50% do 13º salário dos funcionários nesta sexta (16)

Começa nesta sexta-feira, 16, o pagamento da parcela de 50% do 13º salário dos servidores do Estado de Santa Catarina (SC). A iniciativa será capaz de injetar um montante de R$ 480 milhões na economia estadual. 

Governo de Santa Catarina libera 50% do 13° salário dos funcionários nesta sexta (16)
Governo de Santa Catarina libera 50% do 13º salário dos funcionários nesta sexta (16). (Imagem: Sulcontábil)

A antecipação do 13º salário dos servidores estaduais de SC irá contemplar cerca de 163 mil trabalhadores, tanto os que estão na ativa quanto os inativos.

A ação foi comunicada pelo governador de Santa Catarina ainda no mês de maio após uma reunião junto aos secretários da Fazenda e da Administração, Paulo Eli e Jorge Eduardo Tasca, respectivamente. 

Na ocasião, o governador Carlos Moisés ressaltou que a antecipação se tornou possível porque, “sempre primamos por uma gestão responsável, que pôs fim aos déficits orçamentários do Estado e ajustou as contas públicas para honrar com todos os compromissos, em respeito não apenas aos servidores, mas a todos os catarinenses”.

Esta atitude tem sido aplicada em diversas unidades federativas do país, em virtude dos impactos econômicos da pandemia da Covid-19. Na própria capital catarinense, Florianópolis, a Prefeitura já efetuou o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores junto à folha de pagamento do mês de julho. 

Nesta localidade em questão, mais de R$ 90 milhões oriundos desta medida irão movimentar a economia do município. A Prefeitura de Florianópolis informou que a medida é aplicada na tentativa de devolver o poder de compra desta parcela da população local.

A ação ainda acontece em conjunto com a campanha de vacinação contra a Covid-19, que já conseguiu imunizar mais de 50% da população adulta com a primeira dose da vacina.

A atual gestão municipal preza pela saúde e segurança financeira dos munícipes em um momento tão crítico diante de uma pandemia mundial. 

Neste sentido, a administração municipal está focada desde o início da pandemia em promover ações em combate aos respectivos impactos.

Um exemplo é a reestruturação do Programa Juro Zero Floripa, criado no ano de 2017 com o intuito de estimular o empreendedorismo na capital catarinense. 

O programa permite que os Microempreendedores Individuais (MEI) solicitem até três mil reais em até três operações por cada CNPJ. Enquanto isso, as microempresas têm direito a acessar até cinco mil reais em duas operações.

Em ambos os casos o débito pode ser quitado em até 12 meses, após um período de carência de 90 dias. 

Em complemento, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, destacou que, “embora enfrentando dificuldades causadas pela pandemia, conseguimos equilibrar as contas públicas e, além de honrar com os compromissos, foi possível adiantar o pagamento desse benefício aos servidores”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.