INSS libera agendamento para atendimento presencial a partir desta quinta (15)

INSS anuncia novo canal para agendamento de seus serviços. Nessa semana, a previdência social informou que acaba de criar mais um portal de atendimento para que a população possa marcar as consultas presenciais. O procedimento ficará disponível a partir desta quinta-feira (15). Saiba como utiliza-lo.

INSS libera agendamento para atendimento presencial a partir desta quinta (15) (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
INSS libera agendamento para atendimento presencial a partir desta quinta (15) (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Enquanto a pandemia do novo coronavírus não minimiza o número de vítimas, o INSS vem readaptando a forma de atendimento de seus serviços.

Para a população que obrigatoriamente precisa de uma consulta presencial, uma nova forma de agendamento será disponibilizada.

Central de marcação telefônica

A partir desta quinta-feira (15), os sujeitos que precisarem marcar horário no INSS deverão entrar em contato com o órgão através de ligação pelo 135.

Na linha, o servidor do órgão fará a triagem das pendencias que precisarão ser resolvidas, determinando assim o caráter de urgência da visita presencial a uma unidade.

Quem pode ser atendido?

É válido ressaltar que, por ser um atendimento específico para situações emergenciais, o canal só fará o agendamento dos seguintes serviços:

  • Portadores de necessidades especiais (maiores de 80 anos de idade, deficiência auditiva ou visual);
  • órgãos mantenedores inválidos que, por isso, impossibilitam a solicitação de serviços; consultas à consignação administrativa;
  • Pensão especial vitalícia da pessoa portadora da Síndrome da Talidomida;
  • Pensão mensal vitalícia do seringueiro e de seus dependentes; e pensão especial das vítimas de hemodiálise de Caruaru (PE).
  • Casos de solicitação de retificação da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT);
  • Casos de parcelamento ou impugnação à cobrança administrativa do monitoramento operacional de benefícios presencial (MOB Presencial);
  • Casos em que seja necessária a ciência do cidadão sobre a necessidade de inscrição no CadÚnico (registro do governo federal sobre as famílias de baixa renda, por meio do qual o cidadão pode participar de programas sociais);
  • E, demais casos em que haja “impossibilidade de informação ou de conclusão da solicitação pelos canais remotos”.

Para os demais, os procedimentos de marcação permanecem disponíveis através do Meu INSS. A previdência reforça que não estará recebendo quaisquer solicitações presenciais sem que haja o comprovante do agendamento prévio.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.