Cartão Alimentação de Macapá inicia distribuição presencial de 500 unidades

Prefeitura de Macapá dá início a entrega dos cartões de auxílio alimentação. Na última semana, a gestão municipal informou que estará liberando o abono destinado a população de baixa renda cadastrada no sistema da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Cada dispositivo tem um valor de R$ 300 por residência.

Cartão Alimentação de Macapá inicia distribuição presencial de 500 unidades (Imagem: Reprodução/Azulis)
Cartão Alimentação de Macapá inicia distribuição presencial de 500 unidades (Imagem: Reprodução/Azulis)

Enquanto o governo federal organiza o pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial, as prefeituras e governos estaduais dão continuidade a concessão de seus abonos locais. Para quem mora em Macapá, o auxílio alimentação foi aprovado para retirada na Casa do Bolsa.

Como fazer a retirada?

Os cadastrados devem ir até um dos pontos determinados pela prefeitura, entre às 8h e às 18h. É preciso apresentar um documento oficial com foto que comprove a titularidade do sujeito. A gestão local reforça que a concessão só será autorizada para aqueles que tiveram o nome divulgado na lista da Semed.

Ao todo, cerca de 15 mil famílias serão contempladas com um valor de R$ 300 divido em duas parcelas de R$ 150. Os recursos deverão ser exclusivamente utilizados no comercio da cidade, para a aquisição de alimentos.

Segundo os informes liberados pela prefeitura, o projeto teve um custo de R$ 15 milhões, gerenciados pelos deputados federais Acácio Favacho (Pros), Luiz Carlos (PSDB) e senador Randolfe Rodrigues (Rede).

Pontos de entrega do cartão alimentação de Macapá

  • Creche Sérgio Coutinho
  • EMEF Maria Luiza Belo da Silva
  • EMEF Prof. Eunice das Chagas Fernandes Sousa
  • EMEF Odete Almeida Lopes
  • EMEF Hildemar Maia
  • EMEF Pequeno Cidadão
  • EMEF Raimundo Oliveira Alencar
  • EMEF Expedicionário Wilson Malcher
  • EMEI Tia Madalena
  • EMEF Prof. Gerson Trindade Pereira
  • EMEF Paraíso das Acácias
  • EMEI Ana Luiza de Souza Moraes
  • EMEF Prof. Izabel Furtado Negrão
  • EMEF Aracy Nascimento
  • EMEF Maestro Miguel da Silva
  • EMEF Caetano Dias Tomaz
  • EMEF Josafá Aires da Costa
  • EMEI Eficaz
  • EMEF Campina Grande Valmito Moraes Brazão
  • EMEI Luzia Costa da Silva
  • EMEF Amapá
  • EMEF Prof. Vera Lúcia Pinon Nery
  • EMEF Profª Eunice das Chagas Fernandes Sousa
  • EMEF Hildemar Maia
  • EMEI AEIOU
  • EMEI Mundo da Criança
  • EMEF Profª Eloana Cristina Lima da Silva
  • EMEI Moranguinho
  • Eco Creche Tio João
  • EMEF Eliana Flexa Vilhena
  • EMEF Profª Lucia Neves Deniur
  • EMEF Maria Bernadete Nascimento
  • EMEI Eli Nogueira
  • EMEF Sandra do Socrro Tolosa da Silva
  • EMEF Eunice Picanço
  • EMEI Meu Pé de Laranja Lima
  • EMEI Maria José de Souza e Silva
  • EMEF Marinete da Silva Mira
  • EMEF Prof. Sandra Lobato Ferreira
  • EMEF Raimundo Oliveira Alencar

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.