5ª, 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial de 2021 já tem data de pagamento?

O depósito da 4ª parcela do auxílio emergencial de 2021 terminará neste mês. Com isso, o Governo Federal já afirmou que o benefício será pago por dois ou três meses. Segundo o Ministro da Econômica, Paulo Guedes, as novas datas dependerão do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19.

5ª, 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial de 2021 já tem data de pagamento?
5ª, 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial de 2021 já tem data de pagamento? (Imagem: montagem/FDR)

O auxílio emergencial de 2021 começou a ser pago no mês de abril para os beneficiários fora do Bolsa Família. No mesmo mês, os beneficiários do Bolsa contemplados pela nova rodada de pagamentos receberam a 1ª parcela do auxílio.

O pagamento segue o mesmo esquema do ano passado, com dois calendários, depósito e saque, para os beneficiários fora do Bolsa Família. Já os contemplados que fazem parte do programa assistencial seguem as datas do Bolsa.

O auxílio emergencial é depositado na conta Poupança Social Digital, para ambos os beneficiários, e pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa TEM. Os que são beneficiários do Bolsa Família recebem o valor e podem optar pelo saque ou movimentação bancária.

A nova rodada de pagamentos começou a ser paga em abril, após a aprovação da PEC Emergencial. Essa delimitou os gastos com o benefício, fazendo com que houvesse a redução no número de beneficiários e nas parcelas.

Com isso, o programa contemplou 39,9 milhões de famílias, incluindo 10 milhões do Bolsa Família. No ano passado, todos os 14,6 milhões de beneficiários do Bolsa foram contemplados no auxílio emergencial que atingiu a marca de 67,9 milhões de brasileiros.

Com a limitação da PEC, o programa definiu o pagamento de quatro parcelas de valor variável, conforme a composição familiar. Dessa maneira, quem vive sozinho está recebendo R$ 150 e as famílias compostas por dois ou mais membros recebem R$ 250.

Por fim, as famílias chefiadas por mulheres solteiras recebem o maior valor, de R$ 375. O pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial de 2021 chega ao fim neste mês. Com a continuação da doença no país o governo planeja ampliar o pagamento por mais dois ou três meses.

A estimativa é que o benefício seja pago até outubro, quanto está previsto o fim da aplicação da 1ª dose da vacina contra a Covid-19. Porém, essa data pode ser revista, dependendo do avanço da pandemia no país.

A 5ª, 6ª e 7ª parcela do auxílio emergencial de 2021 ainda não possuem data para pagamento. A sua liberação depende da edição de uma medida provisória (MP). O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou que o valor permanecerá o mesmo e que o presidente Bolsonaro deve anunciar as novas datas nesta semana.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.