SP Acolhe: Novo programa promete R$ 1,8 mil para familiar de falecido por COVID

Na terça-feira (29), o Governador João Doria lançou o programa SP Acolhe, que conta com um auxílio mensal de R$ 300 a famílias vulneráveis. Desde que estas tenham perdido ao menos um integrante do núcleo familiar por COVID-19.

SP Acolhe: Novo programa promete R$ 1,8 mil para familiar de falecido por COVID
SP Acolhe: Novo programa promete R$ 1,8 mil para familiar de falecido por COVID (Foto: Jovem Pan)

O benefício faz parte dos acoplados ao Bolsa do Povo, que é o maior programa de proteção social já anunciado pelo Governo de São Paulo.

No anúncio o governador disse que “O nosso Governo é um Governo humano, que se dedica e prioriza todas as suas ações aos mais pobres. É um programa inédito no Brasil, que vai atender até dezembro famílias que tiveram seus entes perdidos para a COVID-19 “, disse Doria.

Essa iniciativa será para beneficiar as famílias que já estão inscritas no CadÚnico com renda mensal de até três salários-mínimos, que tenham perdido ao menos um familiar vítima de COVID-19.

Dentre esses podem estar pai, mãe, avô, avó, filho, filha ou outro parente, desde que a morte tenha ocorrido dentro do núcleo familiar. 

O programa considera todas as estruturas familiares, exceto a unifamiliar (uma única pessoa), com filhos de todas as idades.

Esse programa vai beneficiar 11.026 famílias em todo o estado, com 11.143 auxílios, totalizando repasse estadual de R$ 20 milhões.

No total, o benefício vai pagar R$ 1,8 mil, considerando as seis parcelas mensais de R$ 300, entre os meses de julho e dezembro de 2021.

Vale Gás e Bolsa do Povo

Há quinze dias, o governo lançou o Vale Gás, um programa de transferência de renda para mais de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade social do estado de São Paulo.

Serão pagas três parcelas de R$ 100, entre os meses de julho e dezembro de 2021, para a compra de botijões de gás de cozinha. O Vale Gás como o SP Acolhe são benefícios incorporados ao Bolsa do Povo.

Nele também estão os programas Renda Cidadã, Via Rápida, Bolsa-Trabalho, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo e o auxílio-moradia emergencial (Aluguel Social). Também estão previstas contratações de mães e pais nas escolas, além de agentes de apoio para os serviços de saúde.

O programa Bolsa do Povo vai pagar benefícios de até R$ 500 e poderá beneficiar até 500 mil pessoas direta e indiretamente nos 645 municípios de São Paulo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.