Caixa Tem paga seguro desemprego, PIX, auxílio e Bolsa Família; como usar?

Pontos-chave
  • Caixa Tem libera movimentações de até R$ 5 mil por mês;
  • Seguro desemprego, auxílio emergencial, PIS/Pasep e Bolsa Família são pagos no aplicativo;
  • Caixa Tem foi criado para viabilizar o auxílio emergencial em 2020.

O Caixa Tem é a conta poupança social digital criada pela Caixa Econômica Federal (CEF), a qual pode e deve ser movimentada exclusivamente por aplicativo próprio. A plataforma foi criada em 2020, no auge do auxílio emergencial. Em um momento que a instituição sofria com extensas e duradouras filas nas portas das agências em busca da retirada do benefício. 

Caixa Tem paga seguro desemprego, PIX, auxílio e Bolsa Família; como usar?
Caixa Tem paga seguro desemprego, PIX, auxílio e Bolsa Família; como usar? (Imagem: Montagem FDR.com.br)

As aglomerações eram constantes e atingiam não apenas uma, mas, praticamente todas as agências da Caixa Econômica situadas por todo o país. Na época, o pagamento do auxílio emergencial era feito em contas de qualquer agência bancária registradas durante a inscrição para recebimento do benefício.

Clientes da Caixa não precisavam se preocupar, pois os valores eram depositados diretamente em conta corrente ou poupança. 

O Cartão Cidadão e o Cartão do Bolsa Família também eram recursos autorizados para efetuar o saque em espécie do benefício.

Lembrando que os beneficiários do Bolsa Família fazem parte do grupo de pessoas com direito ao auxílio emergencial desde a rodada original em 2020.

Os saques podiam ser feitos diretamente nos caixas eletrônicos, em casas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. 

No entanto, mesmo diante de tantas alternativas, o problema de aglomerações para recebimento do benefício não foi resolvido. Foi então que a Caixa Econômica decidiu implementar o aplicativo Caixa Tem e unificar o pagamento das parcelas do auxílio emergencial pela plataforma. A conta poupança social digital também foi disponibilizada para o Bolsa Família. 

Acesso e validação do Caixa Tem

Para obter a conta poupança social digital no Caixa Tem, é muito simples, e o cliente não precisa se submeter a nenhuma análise prévia. Ressaltando que também não há nenhum custo para o cidadão, como é de costume nas agências bancárias mais tradicionais.

O primeiro passo a ser dado, é entrar na loja virtual de cada aparelho celular, seja a App Store para iOS ou Play Store para Android, e fazer o download do aplicativo. 

Ao abrir o aplicativo, basta clicar no botão “Entrar” e depois, em “Cadastre-se”. Em seguida o cidadão será redirecionado a uma página onde deve fornecer uma série de informações pessoais, como o nome completo, número do CPF, número do telefone celular, data de nascimento, CEP e e-mail. Estes dados são essenciais para garantir a segurança e evitar fraudes. 

Posteriormente, o usuário deverá criar uma senha numérica de seis dígitos, a qual deverá ser fornecida sempre que desejar acessar o aplicativo.

A Caixa Econômica recomenda que a senha não seja uma sequência de números como “123456”, não tenha repetições, não equivalha a uma parte da composição do CPF, além de não ser permitido usar a data de nascimento como senha.

Concluída esta fase, o cidadão deve fornecer novamente a senha cadastrada e no inferior da tela, clicar no botão “Não sou um robô”. Em seguida, é preciso validar o cadastro através do e-mail enviado pela Caixa Econômica.

O link inserido no e-mail irá redirecionar o cidadão ao menu do Caixa Tem, onde é preciso selecionar a opção “liberar acesso” e depois “toque aqui para realizar seu primeiro acesso”.

Feito isso, a Caixa Econômica requer a validação do celular cadastrado, portanto, basta clicar em “continuar” e “receber código”.

Um SMS será enviado para o número registrado com um código específico que deve ser informado no aplicativo. A última etapa é a de nomeação do celular, para que então o uso da conta poupança social digital esteja devidamente liberado.

Serviços do Caixa Tem 

A conta poupança social digital do Caixa Tem oferece diversos serviços e ferramentas gratuitamente aos clientes. O aplicativo autoriza transações no valor máximo de R$ 600, se limitando a um total de R$ 1.200 por dia.

No período mensal o cliente do Caixa Tem pode movimentar até R$ 5 mil. No Caixa Tem é possível:

  • Pagar boletos online; 
  • Realizar pagamentos na Casa Lotérica; 
  • Fazer recarga de telefone celular vinculado a qualquer operadora; 
  • Contratar o Seguro Apoio Família; 
  • Obter dicas financeiras; 
  • Realizar compras online com o cartão de débito virtual;
  • Realizar compras presenciais mediante a leitura do QR Code emitido pela máquina de cartão do estabelecimento comercial;
  • Informar os rendimentos de pessoa física; 
  • Consultar o Número de Identificação Social (NIS); 
  • Consultar o Bolsa Família;
  • Receber o Seguro Desemprego; 
  • Fazer transferências via TED e DOC;
  • Fazer transferências e efetuar pagamentos com a chave PIX; 
  • Consultar o extrato de movimentação da conta poupança.

É importante mencionar que no caso específico da chave PIX, logo que foi lançada e implementada ao Caixa Tem, o uso da ferramenta possuía as mesmas restrições que as transferências via TED e DOC.

Ou seja, assim como para efetuar saques em espécie, as transferências para outras agências bancárias eram liberadas em até 30 dias. A medida tem o objetivo de estimular as movimentações virtuais e evitar aglomerações nas agências. 

No entanto, em abril deste ano, quando a primeira parcela do auxílio emergencial de 2021 começou a ser paga, o Banco Central do Brasil (BCB) decidiu liberar o uso da chave PIX no mesmo instante.

Contudo, o uso da ferramenta impede transferências para contas da mesma titularidade, mesmo que em instituições financeiras distintas. 

Caixa Tem paga seguro desemprego, PIX, auxílio e Bolsa Família; como usar?
Caixa Tem paga seguro desemprego, PIX, auxílio e Bolsa Família; como usar?(Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Inclusão de novos benefícios 

Em um primeiro momento, a conta poupança social digital do Caixa Tem era responsável por administrar os valores do auxílio emergencial e Bolsa Família. Porém, com o passar do tempo e a permanência da situação crítica da pandemia da Covid-19 no Brasil, o Governo Federal junto à Caixa Econômica decidiu ampliar o uso da plataforma. 

Foi então que os pagamentos referentes ao abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) foram incluídos no Caixa Tem.

Antes, para obter esses valores os trabalhadores precisavam se dirigir aos terminais eletrônicos da Caixa Econômica ou Banco do Brasil para realizar o saque em espécie, enquanto os clientes da instituição recebiam diretamente em suas contas. 

Este ano, o seguro desemprego também foi incluído no Caixa Tem. Neste caso, este formato de pagamento é exclusivo aos trabalhadores que não indicaram uma conta corrente no ato de solicitação do benefício. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.