Vacinação da Covid-19 comprometida: 5 capitais suspendem aplicação de 1ª dose

Pontos-chave
  • Brasil completou o esquema vacinal de somente 11,57% da população;
  • Estados se mobilizam para antecipar calendário de vacinação;
  • Capitais brasileiras esgotam estoque de doses da vacina devido a alta demanda no fim de semana.

Até o momento, o Brasil imunizou somente 11% da população com as duas doses da vacina contra a Covid-19. Por essa razão é considerado um dos países com o calendário de vacinação da Covid-19 mais lentos de todo o mundo. 

Vacinação da Covid-19 comprometida: 5 capitais suspendem aplicação de 1ª dose
Vacinação da Covid-19 comprometida: 5 capitais suspendem aplicação de 1ª dose (Imagem: Breno Esaki/ Agência Saúde)

Embora algumas localidades tenham se mobilizado para antecipar o calendário de vacinação da Covid-19 para o público geral, cerca de cinco capitais brasileiras precisaram suspender a aplicação da primeira dose do imunizante.

É o caso de Aracaju, João Pessoa, São Paulo, Campo Grande e Florianópolis, que sofreram com a falta de doses de vacinas recentemente. 

O esquema vacinal de cada Estado e município brasileiro está diretamente ligado à distribuição de doses do imunizante por parte do Ministério da Saúde. Desde já, a pasta ressaltou que tem se concentrado e feito o possível para acelerar a vacinação da Covid-19 no país, mas que depende da entrega dos fabricantes. 

Desde a última segunda-feira, 21, mais de 7,6 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford foram redirecionadas aos Estados e ao Distrito Federal.

O Governo Federal também espera receber doses da vacina da Pfizer nos próximos dias, apesar de a quantidade exata ainda não ter sido definida. 

O Ministério da Saúde ainda reforçou que “a responsabilidade pela distribuição aos municípios é da gestão estadual”. A pasta firmou dois contratos com a farmacêutica Pfizer para obter 200 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 até dezembro de 2021. Dos quais 10 milhões já foram entregues. 

Segundo os dados apurados até a última terça-feira, 22, o Brasil já vacinou 24,5 milhões de brasileiros com as duas doses do imunizante, o que representa exatamente 11,57% da população nacional.

Os dados foram obtidos através de um consórcio de veículos de imprensa divulgados diariamente no período da noite. 

Sendo assim, é possível identificar que a primeira dose da vacina foi aplicada em 1.218.105 brasileiros somente entre os dias 21 e 22 de junho. Desta forma, a primeira etapa da vacinação da Covid-19 já atingiu 65.654.739 brasileiros, ou seja, 31% da população do Brasil. Enquanto isso, apenas nas últimas 24 horas, 118.832 completaram o esquema vacinal. 

Mesmo diante de todas as informações, o calendário de vacinação da Covid-19 continua sendo afetado. Veja o que aconteceu em algumas capitais brasileiras!

Aracaju

Em Aracaju, na capital de Sergipe, o número de cidadãos que procuraram os postos de vacinação durante o último fim de semana ultrapassou a quantidade prevista.

Por esta razão, a Prefeitura Municipal informou que as doses da vacina contra a Covid-19 foram esgotadas levando à suspensão do calendário de vacinação da Covid-19 desde esta terça-feira, 22. 

Devia ter começado ontem a imunização de adultos na faixa etária de 39 e 38 anos de idade, porém este grupo poderá ser vacinado apenas quando a capital sergipana receber uma nova remessa de doses da vacina. Enquanto isso, a segunda dose do imunizante continua sendo ministrada em Aracaju. 

A Prefeitura de Aracaju reforça que todos os cidadãos que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford, e que já realizaram o devido agendamento para concluir o esquema vacinal até 30 de junho, podem antecipar a etapa final da vacinação da Covid-19.

A Prefeitura mencionou a possibilidade de agilizar o cronograma de imunização na capital assim que receber novas doses. 

No último fim de semana, cerca de 20 mil pessoas se dirigiram aos postos de vacinação da Covid-19 instalados na capital, sendo que pouco mais de 11 foram somente no domingo, 20.

Desta forma, nove pontos de vacinação foram liberados na última segunda-feira, 21, para auxiliar na campanha de vacinação, que passou a contemplar adultos na faixa etária dos 40 anos. 

No decorrer do dia, 5.921 munícipes foram vacinados, atingindo a marca total de 252.145 pessoas imunizadas. Isso quer dizer que 37,92% da população de Aracaju já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

João Pessoa

Na cidade de João Pessoa, capital da Paraíba, têm sido aplicadas somente as doses da Coronavac e AstraZeneca desde esta terça-feira, 22.

A decisão foi tomada pela Prefeitura Municipal no intuito de dar continuidade à vacinação da Covid-19, ainda que parcialmente, enquanto aguarda pela chegada de novas doses de outros imunizantes. 

O último grupo imunizado no domingo, 20, é composto por adultos de 48 anos de idade. Vale ressaltar que a ação atual se refere à aplicação da segunda dose das vacinas mencionadas. Desde que tenham feito o agendamento no aplicativo ou site Vacina João Pessoa.

Aqueles que forem concluir o esquema vacinal devem apresentar apenas o cartão de vacinação e documento oficial de identidade com foto.

No que compete à aplicação da AstraZeneca, é preciso se dirigir a um dos ginásios da cidade entre 08h e 12h, ou no Mangabeira Shopping também das 08h às 12h.

Vacinação em São Paulo

Na capital paulista as doses das vacinas contra a Covid-19 também se esgotaram devido à alta procura durante o último fim de semana. A demanda levou a Prefeitura de São Paulo a suspender a vacinação da Covid-19 durante esta terça-feira, 22. 

O cronograma de imunização foi retomado hoje, 23, mediante o recebimento de 186 mil doses de vacinas por parte do Governo Estadual. Ressaltando que na grande São Paulo, a suspensão da vacinação afetou a aplicação tanto da primeira quanto da segunda dose do imunizante. 

Sendo assim, o calendário atualizado de vacinação da Covid-19 é o seguinte:

  • Quarta-feira, 23/06: 49 anos;
  • Quinta-feira, 24/06: 48 anos;
  • Sexta-feira, 25/06: 47 anos;
  • Sábado, 26/06: repescagem para público de 47 a 49 anos;
  • Segunda-feira, 28/06: público de 46 e 45 anos;
  • Terça-feira, 29/06: público de 44 e 43 anos;
  • Quarta-feira, 30/06: público de 42 anos;
  • Sábado, 03/07: Repescagem 42 a 44 anos;
  • Segunda-feira, 05/07: 41 anos;
  • Quinta-feira, 08/07: 40 anos;
  • Sábado, 10/07: Repescagem 40 a 44 anos;
  • Quinta-feira, 15/07: 39 anos;
  • Sábado, 17/07: Repescagem 39 a 44 anos;
  • Segunda-feira, 19/07: 38 anos: 19/07;
  • Quinta-feira, 22/07: 37 anos;
  • Sábado, 24/07: Repescagem 37 a 39 anos;
  • Segunda-feira, 26/07: 36 anos;
  • Quarta-feira, 28/07: 35 anos;
  • Sexta-feira, 30/07: 34 anos;
  • Sábado, 31/07: Repescagem 34 a 37 anos;
  • Segunda-feira, 02/08: 33 anos;
  • Quarta-feira, 04/08: 32 anos;
  • Sábado, 07/08: Repescagem 32 a 34 anos;
  • Segunda-feira, 09/08: 31 anos;
  • Quinta-feira, 12/08: 30 anos;
  • Sábado, 14/08: Repescagem 30 a 33 anos;
  • Segunda-feira, 16/08: 29 anos;
  • Quinta-feira, 19/08: 28 anos;
  • Sábado, 21/08: Repescagem 28 a 30 anos;
  • Segunda-feira, 23/08: 27 anos;
  • Quarta-feira, 25/08: 26 anos;
  • Sábado, 28/08: Repescagem 26 a 28 anos;
  • Segunda-feira, 30/08: 25 anos;
  • Quarta-feira, 01/09: 23 e 24 anos;
  • Sábado, 04/09: Repescagem 23 a 26 anos;
  • Segunda-feira, 06/09: 21 e 22 anos;
  • Quinta-feira, 09/09: 20 anos;
  • Sábado, 11/09: Repescagem 23 a 26 anos;
  • Segunda-feira, 13/09: 18 e 19 anos.

Campo Grande

Nesta terça-feira, 22, os postos de vacinação de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, funcionaram exclusivamente para a aplicação da segunda dose da Coronavac e da AstraZeneca. A aplicação de cada um dos imunizantes foi organizada de duas maneiras. 

A Coronavac foi aplicada apenas nos pontos de drive-thru: Ayrton Senna, Albano Franco e Cassems, bem como nos polos: Guanandizão, IMPCG e Seleta. Enquanto isso, a AstraZeneca foi disponibilizada nos drives, polos e Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Ao todo foram mais de 50 postos de vacinação em funcionamento para a aplicação da segunda dose do imunizante ao longo da última terça-feira.

A Prefeitura de Campo Grande tem o objetivo de concluir o esquema vacinal de, pelo menos, seis mil pessoas dentro do período recomendado.

Vacinação da Covid-19 comprometida: 5 capitais suspendem aplicação de 1ª dose
Vacinação da Covid-19 comprometida: 5 capitais suspendem aplicação de 1ª dose. (Imagem: Prefeitura de Porto Velho)

Vale mencionar que a Prefeitura de Campo Grande ainda conseguiu firmar uma parceria no valor de R$ 100 mil junto à Uber. Verba utilizada na concessão de descontos em viagens da capital para a vacinação da Covid-19.

Os códigos promocionais garantem corridas de ida e volta dos pontos de vacinação, desde que não ultrapasse a quantia de R$ 25 por pessoa. Lembrando que o código precisa ser inserido no aplicativo antes de concluir o pedido de viagem.

Florianópolis

Por fim, o calendário de vacinação da capital santa catarinense, Florianópolis, durante esta terça-feira, atendeu somente adultos com 67 anos ou mais que foram completar o esquema vacinal com a segunda dose.

No entanto, cidadãos que receberam a primeira dose há mais de 12 semanas também puderam ser vacinados. Até o momento, a cidade já vacinou 220.899 pessoas. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.