Uso do ENEM 2020 no SISU, PROUNI e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte?

Pontos-chave
  • Data de aplicação do ENEM 2020 modificou a seleção dos programas no primeiro semestre;
  • Os três programas fazem uso da nota do ENEM;
  • Seleções começam a partir de julho.

Com a aplicação do Enem 2020 acontecendo no início de 2021, dois dos principais programas que fazem uso da nota do exame não puderam usá-la durante o primeiro semestre. Agora, no SISU, Prouni e FIES 2021.2 a edição mais recente da prova será aceita. Entenda as implicações disso na nota de corte.

Uso do ENEM 2020 no SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte?
Uso do ENEM 2020 no SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte? (Imagem/Reprodução: CEISC)

O Exame Nacional do ensino Médio é hoje a principal porta de entrada para o ensino superior, mas nem sempre foi assim.

Ele foi originalmente criado para ser um ”termômetro” do nível de aprendizagem dos estudantes que estavam concluindo o ensino médio.

Mas, aos poucos, foi sendo usado para selecionar estudantes para cursos de graduação.

Com isso, veio a criação do Sistema de Seleção Unificada, Programa Universidade Para Todos e Fundo de Financiamento Estudantil, que agora entrarão na segunda seleção desse ano.

O que são o SISU, Prouni e FIES?

De modo geral, eles são programas voltados a seleção de estudantes no ensino superior.

Eles possuem algumas particularidades, como o tipo de instituição em que é possível ingressar, o público alvo, entre outras. Conheça melhor esses programas agora!

SiSU

Com ele é possível fazer cursos de graduação ou tecnólogos em instituições públicas, estaduais e federais. Podem se inscrever quem fez a última edição do ENEM e não zerou a redação.

No caso do SiSU, quem possui diploma de nível superior pode participar da seleção. As inscrições acontecerão de 3 a 6 de agosto.

Prouni

Seleciona estudantes para instituições particulares, por meio da concessão de bolsas de estudos (50% ou 100%). Podem participar quem fez todo o ensino médio na rede pública ou que fizeram o ensino médio em escola particular, mas como bolsista.

No caso desse programa, quem possui diploma de nível superior não pode participar. Exceto os professores da rede pública que podem ingressar em cursos de licenciatura.

As inscrições no segundo semestre vão de 13 a 16 de julho.

FIES

Nele, o estudante tem acesso ao financiamento do seu curso de graduação, mas só começa a quitar a dívida após a formatura.

Para participar é necessário ter feito o ENEM a partir de 2010, além de não ter zerado a redação e atingido, pelo menos, 450 pontos nas disciplinas.

Além desses requisitos, o estudante precisa estar inserido em uma das faixas de renda atendidas pelo programa.

O período de inscrições vai de 27 a 30 de julho.

Os três programas possuem em comum o uso da nota do ENEM em suas seleções e o fato de que candidatos treineiros do exame não podem se inscrever.

Uso do ENEM 2020 no SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte?
Uso do ENEM 2020 no SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte? (Imagem/Reprodução: Revista Qual Imóvel)

Uso do ENEM 2020 no SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode afetar sua nota de corte?

Em um ano atípico, o ENEM 2020 foi aplicado em janeiro de 2021, o que impossibilitou que essa edição fosse usada nas seleções do Prouni e do FIES do primeiro semestre.

Agora, nas edições 2021.2 dos três programas é provável que essa nota seja sim utilizada.

Vale lembrar que a confirmação das edições aceitas, e o número de vagas para o segundo semestre só acontecerá com a divulgação dos editais.

Em 2020, o ENEM apresentou um recorde de abstenções, 55,3% dos candidatos não compareceram aos locais de aplicação do exame.

Isso poderia fazer com que a nota de corte e a concorrência diminuíssem, no entanto, ainda não foram divulgadas as regras para as três seleções.

É provável que a concorrência seja mais alta em programas que aceitem as notas de mais edições, como acontece com o FIES, por exemplo.

Notas de corte do SISU, Prouni e FIES 2021.2 pode ser mais alta?

Outra questão que está diretamente associada às edições do exame que serão aceitas é a nota de corte.

Quanto mais edições forem usadas em um programa, mais estudantes se inscreverão e, possivelmente, a nota será maior.

Vale lembrar que a nota de corte é aquela pontuação mínima que um estudante precisa atingir para ser considerado para ingressar em um determinado curso de uma instituição.

Ela varia de edição para edição, pois é calculada com base nas médias gerais dos inscritos.

Geralmente no segundo semestre as notas de corte são mais baixas. O que pode mudar nessa etapa é que com o uso da nota do Enem 2020, a seleção será mais acirrada, já que mais pessoas estarão inscritas.

Acompanhe a editoria de carreiras do FDR  e fique bem informado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.