Grávidas e puérperas vão receber vacina contra Covid-19 no Distrito Federal

Conforme anunciado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a partir da próxima quinta-feira, 24, as grávidas e puérperas poderão receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A inclusão deste grupo se tornou possível mediante o remanejamento de 2,4 mil doses remanescentes. 

Grávidas e puérperas vão receber vacina contra Covid-19 no Distrito Federal
Grávidas e puérperas vão receber vacina contra Covid-19 no Distrito Federal. (Imagem: Portal Superinteressante)

No entanto, essas mulheres precisam se cadastrar no site da Secretaria de Saúde do DF para serem imunizadas. O cadastramento foi liberado na tarde desta segunda-feira, 21, e voltará a ficar disponível amanhã, 23, às 15h.

A aplicação da vacina contra a Covid-19 neste grupo acontecerá na quinta e sexta-feira, 24 e 25, respectivamente. 

As grávidas e puérperas que já haviam feito a inscrição no portal mencionado, não precisam refazer o procedimento, pois o cadastro inicial continua válido.

Ibaneis Rocha explicou que o remanejamento ocorre “enquanto o Ministério da Saúde não envia as doses específicas para elas”, especialmente após verificar a sobra de doses referente à vacinação da última semana, sendo assim.

Durante coletiva de imprensa realizada ontem, 21, no Palácio do Buriti, o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, aproveitou para explicar que até então não há previsão de lactantes sem comorbidades receberem a vacina contra a Covid-19.

Porém, ele reforça que as pastas competentes estão atentas quanto à imunização deste grupo e fará o possível para agilizar a vacinação dessas mulheres assim que tiverem doses disponíveis. 

Um levantamento feito pela Secretaria de Saúde no último domingo, 20, apontou que o Distrito Federal já aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em 891.587 pessoas, o que corresponde a 29,21% da população da capital do Brasil. Enquanto isso, a segunda dose do imunizante foi destinada a 329.879 pessoas no DF, ou seja, 10,81%. 

Estes números indicam dois novos recordes da campanha de vacinação no DF, mais precisamente, na segunda e na sexta-feira da semana passada. Somente neste período foram aplicadas 129 mil primeiras doses no DF. 

Vale mencionar que o esquema vacinal do Distrito Federal também incluiu os garis que atuam no recolhimento de lixo hospitalar. Desta semana em diante, os colaboradores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), estão classificados como um dos grupos de risco da Covid-19, devidamente aptos à vacinação. 

Enquanto isso, o DF continua aplicando a vacina contra a Covid-19 em adultos na faixa etária de 49 anos de idade enquanto o agendamento para a vacinação estiver disponível.

Até amanhã, 23, as pessoas que possuem algum tipo de comorbidade também poderão fazer o agendamento por aqui, para serem imunizadas. Até agora, 35,9 mil cidadãos de ambos os grupos já se cadastraram.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.