Vale-gás: Ceará e Maranhão pagam benefícios aos vulneráveis

Pontos-chave
  • Estados concedem vale gás para população carente;
  • Ceará e Maranhão já iniciaram a entrega;
  • Produto ficará quase 6% mais caro com comercialização a R$ 125.

Governos estaduais passam a conceder gás gratuitamente para a população. Diante da crise do novo coronavírus, o valor do botijão domiciliar de gás subiu consideravelmente, a cada abastecimento o cidadão vem gastando cerca de R$ 90 a depender da região. Abaixo, saiba os locais onde estão sendo concedidos vales.

Vale-gás: Ceará e Maranhão pagam benefícios aos vulneráveis; como receber? (Imagem: Marcello Casal/Agência Brasil)
Vale-gás: Ceará e Maranhão pagam benefícios aos vulneráveis (Imagem: Marcello Casal/Agência Brasil)

Além de gerar uma forte crise sanitária, o novo coronavírus vem deixando um imenso impacto na economia nacional. Atualmente o Brasil vive uma das maiores inflações de sua história, resultando no aumento dos alimentos e até mesmo dos combustíveis de gás.

Para minimizar a situação, alguns governos estaduais passaram a conceder uma espécie de vale gás que permite com que a população reabasteça seu botijão de forma gratuita. A proposta vem sendo adotada principalmente no Nordeste do país, como Ceará e Maranhão.

Vale gás no Ceará

Para os moradores do Ceará, o governo estadual criou o vale gás social. O benefício já foi concedido em duas rodadas, sendo administrado pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de Fortaleza.

Inicialmente houve uma triagem da população em situação de vulnerabilidade para que estas pudessem ser contempladas. Ao todo, cerca de 17 mil famílias foram beneficiadas, sendo necessário ter uma renda individual inferior ou igual a R$ 89,34 e estar vinculado ao Bolsa Família.

Outro grupo beneficiário foram os jovens integrantes do Programa Superação. Somente em Fortaleza, 35.148 famílias se cadastraram. O último lote de entregas foi realizado em maio, sendo necessário que o titular fosse até a distribuidora nacional de gás e exibisse seu tíquete e um documento oficial com foto.

Ao entregar o botijão vazio, a equipe reabastecia o dispositivo e o entregava para o cidadão. É válido ressaltar que o programa vem sendo adotado desde o ano passado, com a chegada da pandemia.

Até o momento não há previsão para liberação em junho, sob a especulação de que em julho haverá uma nova rodada.

Vale gás no Maranhão

No Maranhão, também atentos aos impactos sociais da covid-19, o governo local passou a liberar o vale gás. O programa vem sendo coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), beneficiando cerca 119 mil famílias em todo o Estado. Somente em São Luís, a média é de 15 mil beneficiários.

Para ter acesso ao vale gás a população precisou aguardar o processo de triagem do governo, feito com base também nos dados do Cadastro Único. Na sequência, foi disponibilizado um site (https://valegas.sedes.ma.gov.br/), onde era possível conferir se foi incluso ou não na proposta.

Conforme explicou o secretário da Sedes, Márcio Honaiser, a ação objetivou garantir o direito à alimentação dos mais vulneráveis. Ele explicou que nesse momento de pandemia é essencial manter a realização de políticas públicas com foco nesse grupo.

“São Luís, por ser o município com maior número de beneficiários do Programa Vale Gás, montamos uma estratégia diferenciada com pontos estratégicos e o mais importante, seguindo os protocolos sanitários. Cada escola escolhida para a distribuição está com um corpo técnico qualificado para ao atendimento ao público”, afirmou Márcio.

Trabalhadora autônoma, Silvia Rejane Dias, que reside na comunidade do São Francisco, celebra o benefício ofertado pelo governo. Ela explica que a entrega ocorreu em boa hora, pois não havia mais recursos em sua casa.

Meu gás de cozinha acabou ontem à noite e hoje eu já amanheci contado os trocados para comprar um botijão cheio, foi quando soube que meu nome estava na relação dos beneficiários do programa. Estou muito feliz” disse Silvia Rejane Dias.

Vale-gás: Ceará e Maranhão pagam benefícios aos vulneráveis; como receber? (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)
Vale-gás: Ceará e Maranhão pagam benefícios aos vulneráveis; como receber? (Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)

Novo aumento no gás é anunciado

Reforçando a necessidade de ações como o vale gás, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou um novo reajuste no preço do combustível. Sua comercialização ficará 5,9% mais cara, o que significa que em determinadas regiões o botijão será vendido por R$ 125.

É válido ressaltar que o valor varia de acordo com cada estado e centro de distribuição. No entanto, até o momento não há expectativa para uma redução.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.