Auxílio emergencial no RS: passo a passo para fazer cadastro online

Empresários que tiveram seus negócios afetados podem solicitar auxílio emergencial no Rio Grande do Sul. Nessa segunda-feira (7), o governo do estado deu inicio a segunda etapa de inscrição de seu programa de transferência de renda.

Auxílio emergencial no RS: passo a passo para fazer cadastro online (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Auxílio emergencial no RS: passo a passo para fazer cadastro online (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Inicialmente, apenas as mulheres chefes de família podiam se candidatar, mas agora empresas vinculadas ao Simples Nacional foram inclusas.

O auxílio emergencial gaúcho nada mais é do que um programa de transferência de renda que objetiva minimizar os impactos econômicos do novo coronavírus.

Por meio dele, a população do Rio Grande do Sul passa a receber parcelas de até R$ 2 mil a depender da situação familiar.

Como fazer o cadastro?

Para se candidatar o cidadão precisa acessar o site do projeto e preencher o formulário que lhe será apresentado. Juntamente com todos os informes, como dados de identificação pessoal, empresarial, comprovante de renda e residência, será preciso anexar todas as documentações que atestes o que foi dito.

Após análise e triagem do governo é que haverá a deliberação com o nome dos contemplados para início do pagamento. A parcela de R$ 2 mil será ofertada de forma única, sob gerenciamento do Banrisul que realizará uma transferência bancária para a conta informada pelo titular do benefício. A previsão é de que os pagamentos sejam iniciados em julho.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Pronunciamento do governo

De acordo com a equipe estadual, a inclusão dos empresários na concessão do auxílio foi necessária tendo em visto a quantidade de negócios afetados pela pandemia.

Ele ressaltar que o valor não será suficiente para zerar os impactos da covid-19, mas pode ajudar a manter as portas abertas pelos próximos meses.

“Um valor que pode não resolver todos os problemas dessas empresas, mas é uma maneira de ajudarmos neste momento complicado em função da pandemia”, afirma o governador Eduardo Leite.

De acordo com o balanço feito pelo governo, cerca de 19.458 empresas do Simples Nacional deverão ser beneficiadas. Isso significa que a gestão pública terá uma nova despesa de aproximadamente R$ 39 milhões.

É válido ressaltar que a liberação do auxílio para microempreendedores é destinada exclusivamente para aqueles que perderam rua rentabilidade durante a pandemia. Além disso, o projeto contempla ainda trabalhadores demitidos e mães de família solteiras.

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.