Comércio no BR: Veja como funcionam bares e restaurantes nas principais capitais

Pontos-chave
  • Bares e restaurantes estão funcionando com protocolos de segurança;
  • Em Maceió os estabelecimentos podem funcionar de 5h às 20h;
  • Em Porto Alegre foi autorizado música ao vivo nos bares e restaurantes.

Em meio a pandemia do coronavírus, os bares e restaurantes de todo o Brasil estão funcionando com restrições de público, e tendo que obedecer protocolos mais rígidos de higiene. Saiba como está a situação atual destes estabelecimentos no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Maceió e Porto Alegre.

Bares e comércio ficam mais restritos após retrocesso no Plano São Paulo
Bares e comércio ficam mais restritos após retrocesso no Plano São Paulo (Imagem: GZH)

Rio de Janeiro 

No Rio, a prefeitura flexibilizou as medidas de restrição contra o coronavírus através de um decreto. As alterações acontecem em meio ao atraso na vacinação no município e ao recorde de novos casos da doença em todo o estado.

As novas medidas de flexibilização englobam os bares e restaurantes, academias, casas de shows e o trabalho de vendedores ambulantes nas praias.

Mesmo que o decreto não fale a respeito das praias, parques e cachoeiras, a prefeitura diz que esses locais também podem ser frequentados aos finais de semana e feriados.

O que mudou no RJ a partir do novo decreto:

  • Bares e restaurantes: podem abrir sem restrições de horário; apresentações ao vivo até às 23h
  • Praias, parques e cachoeiras: podem abrir todos os dias
  • Trabalho de ambulantes nas praias: liberado todos os dias da semana
  • Casas de shows: podem abrir e receber até 40% da capacidade total
  • Estacionamento na orla: liberado
  • Áreas de lazer no Leblon e em Copacabana: podem funcionar aos domingos
  • Academias: aulas coletivas liberadas somente com um aluno a cada quatro metros quadrados

São Paulo

O governo de São Paulo anunciou uma nova flexibilização das medidas de isolamento contra o coronavírus que começaram a vigorar no início deste mês. Entre as mudanças está a autorização para que o comércio funcione até às 22.

Além do horário ampliado, os estabelecimentos comerciais poderão atender com até 60% de sua capacidade total. A fiscalização para conferir a lotação dos locais não será feita.

O novo horário autorizado é válido para todos os setores comerciais, atividades religiosas, serviços em geral, restaurantes, bares, salões de beleza, atividades culturais, eventos sociais culturais e academias.

Horários a partir deste mês no estado de São Paulo

  • Restaurantes Bares e similares

Consumo local entre as 6h e as 22h (bares continuam podendo servir apenas como restaurantes)

  • Salões de beleza e barbearias

Atendimento local entre as 6h e as 22h

  • Atividades culturais

Atendimento presencial entre as 6h e as 22h

  • Academias

Atendimento presencial entre as 6h e as 22h

  • Igrejas e templos

Celebrações individuais e coletivas liberadas, mas com a adoção protocolos de higiene e distanciamento social.

Belo Horizonte

Em BH, os bares e restaurantes podem ficar abertos até as 19h. Estes estabelecimentos podem funcionar com consumo interno de segunda a sábado, com autorização de venda de bebida alcoólica, das 11h às 19h. Não há restrição de dia e horário para delivery e retirada no local.

Os estabelecimentos que desobedecem as medidas de combate à pandemia, ficam sujeitos a interdição e multa no valor de R$ 18.359,66.

Sobre a fiscalização, a PBH disse “está agindo em todas as regiões da capital, com 2,7 mil profissionais, entre Guardas Municipais e fiscais de Controle Urbanístico e Ambiental para coibir aglomerações e o funcionamento indevido de estabelecimentos”.

Bares e restaurantes (Agência Brasil)

Funcionamento do comércio em Maceió

Em Alagoas, o governador do Estado Renan Filho (MDB) decidiu retomar  as regras mais restritivas da fase vermelha. A razão é o crescimento de internações em decorrência da pandemia. O novo decreto tem validade até esta quinta, 10.

“Houve um crescimento de quase 25% da ocupação dos leitos ao longo de duas semanas. Por isso vamos precisar tomar novas medidas restritivas, para proteger os desavisados, para proteger até aquele que acredita que não vai pegar a forma grave da doença, e, sobretudo, para proteger aquele que está se cuidando”, afirmou o governador.

Com isso, os bares e restaurantes podem funcionar de 5h às 20h, de segunda a sexta. Após esse horário e aos sábados e domingos e feriados, é permitido somente delivery e pegue e leve.

Porto Alegre

Em Porto Alegre, a prefeitura autorizou recentemente, música ao vivo em bares, restaurantes e similares.

Segundo as determinações da capital, bares e restaurantes devem seguir o rígido controle da ocupação máxima de 60% das mesas. Somente podem ser atendidos clientes sentados e em grupos de até seis pessoas por mesa. Permanecem proibidas as pistas de dança e a permanência de clientes em pé.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Comércio no BR: Veja como funcionam bares e restaurantes nas principais capitais

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA