Novo empréstimo para empresas libera limite com base no valor a receber com cartões

Nesta segunda-feira (7), entrou em funcionamento o registro centralizado das receitas a receber dos lojistas por vendas realizadas com cartões. Com o novo sistema, há a expectativa de redução dos juros de empréstimo para empresas que desejam oferecer, como garantia, os recebíveis, segundo a Agência Brasil.

Novo empréstimo para empresas libera limite com base no valor a receber com cartões
Novo empréstimo para empresas libera limite com base no valor a receber com cartões (Imagem: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

Ao descentralizar e padronizar as informações dos recebíveis a que os comerciantes possuem direito, a instituição credora terá mais segurança para resgatar o empréstimo em caso de inadimplência.

Anteriormente, havia o risco de oferecer o mesmo recebível como garantia de diferentes empréstimos. Com o novo sistema, o Banco Central projeta o aumento da oferta de crédito e estímulo da concorrência.

Segundo especialistas consultados pelo Globo, a medida deverá aumentar a oferta de crédito, com juros menores, para pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEIs).

Cabe destacar que esses segmentos foram amplamente impactados com a queda de receita em meio à pandemia de covid-19.

A plataforma foi lançada após dois adiamentos. Inicialmente, o lançamento estava previsto para acontecer em novembro de 2020. Em seguida, adiamento foi estendido para fevereiro deste ano.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

No entanto, as empresas responsáveis por credenciar os recebíveis indicaram dificuldades para a montagem do sistema. Por conta disso, elas solicitaram um novo adiamento.

Por meio do novo sistema, o comerciante poderá dividir os recebíveis em lotes de dezenas ou centenas de transações. Esta empresa poderá negociar com diversas instituições financeiras ao mesmo tempo — até obter o melhor empréstimo.

Projeções com o novo sistema que reduz juros de empréstimo para empresas

De acordo com o professor de economia da Universidade Mackenzie e sócio da consultora G11 Finance, Hugo Garbe, em entrevista ao Globo, o volume de crédito ofertado com os recebíveis como garantia chega a R$ 1 trilhão por ano.

Com a alteração, em que diversos bancos poderão ter livre acesso ao volume de recursos que o comerciante tem a receber, ele alega que a oferta de empréstimos pode chegar a R$ 2 trilhões.

Segundo estimativas do Banco Central, os recebíveis têm o potencial de movimentar, anualmente, até R$ 1 trilhão com cartões de crédito. Já com relação aos cartões de débito, a projeção é de movimentação de outros R$ 800 bilhões.

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.