Governo do RJ divulga calendário de vacinação de junho a outubro; confira!

Na última quarta- feira (26), a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro (RJ), divulgou um calendário único para a vacinação da população fluminense em geral contra o novo coronavírus

Governo do RJ divulga calendário de vacinação de junho a outubro; confira!
Governo do RJ divulga calendário de vacinação de junho a outubro; confira! (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O calendário teve como base a prefeitura do Rio, e concede mais tempo para os municípios terminarem de realizar a imunização dos grupos prioritários.

Até que todo esse público tome suas doses, 20% de todas as remessas que chegarem deverão ser reservadas.

De acordo com o cronograma, o estado deve seguir a vacinação de pessoas com comorbidades, deficiências permanentes e puérperas com fatores de risco até junho

No mesmo período, devem ser vacinadas as pessoas em situação de rua e os chamados grupos especiais. Como presos, funcionários do sistema prisional, professores e integrantes das forças de segurança e salvamento, e a população geral de 59 a 55 anos.

Aqueles municípios que forem alcançando as metas estabelecidas na vacinação dos grupos listados poderão dar prosseguimento à vacinação dos grupos especiais. Seguindo rigorosamente o critério de faixa etária, considerando da maior para menor idade, iniciando aos 59 anos até os 18 anos.

Calendário da vacinação no RJ 

Junho

  • Pessoas com comorbidades e deficientes
  • Agentes das forças de segurança e salvamento;
  • Trabalhadores da educação,
  • Funcionários e detentos do sistema penal
  • Sem-teto;
  • População em geral dos 59 anos a 55 anos.

Julho

  • 54 a 45 anos.

Agosto

  • 44 a 35 anos.

Setembro

  • 34 a 25 anos.

Outubro

  • 24 a 18 anos.

Comorbidades

A primeira edição do calendário seguirá a ordem dos grupos prioritários definidos no Programa Nacional de Imunizações, composto pelas pessoas com:

  • comorbidades;
  • pessoas com deficiência permanente com benefício de prestação continuada (BPC);
  • autismo;
  • paralisia cerebral;
  • renais crônicos em diálise;
  • nanismo;
  • mielomeningocele;
  • deficientes visuais, acima de 18 anos;
  • gestantes e puérperas com comorbidades

Depois dessa etapa, terá continuidade a imunização das pessoas com deficiência permanente sem BPC e iniciará a vacinação de 100% da população em situação de rua.

Imunizantes

Hoje, são aplicadas três vacinas no país a Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida nacionalmente pelo Instituto Butantan.

Além da vacina desenvolvida pelo laboratório anglo-sueco AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, e produzida no exterior e no Brasil, pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). E a vacina da Pfizer/BioNTech, importada.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governo do RJ divulga calendário de vacinação de junho a outubro; confira!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA