Guedes promete programa que vai gerar 2 milhões de vagas de emprego

Novo projeto do Ministério da Economia pode gerar 2 milhões de emprego para os jovens. Nessa semana, o atual ministro econômico, Paulo Guedes, informou que está trabalhando para a consolidação do Bônus de Inclusão Produtiva (BIP). A proposta com foco nos estudantes deve garantir a rotatividade do mercado por meio da redução salarial.

Guedes promete programa que vai gerar 2 milhões de vagas de emprego (Imagem: Reprodução Revista Fórum)
Guedes promete programa que vai gerar 2 milhões de vagas de emprego (Imagem: Reprodução Revista Fórum)

Além de deixar mais de 440 mil mortes, a covid-19 vem impactando fortemente na economia do país. Com os índices do desemprego em elevação, Guedes deseja criar o BIP que permitira com que 2 milhões de jovens ficassem empregados. Pelo programa, a bolsa iria variar entre R$ 200 e R$ 300 por trabalhador.

Segundo o gestor, as empresas parcerias estariam responsáveis com arcar com o valor da bolsa, ofertada como um modelo de estágio. Desse modo, o jovem passaria por uma experiencia de qualificação, defendida por ele como “formação no local de trabalho”. Além disso, haveriam ainda cursos e treinamentos internos também custeado pela contratante.

Detalhes da jornada de trabalho e seus benefícios

No que diz respeito ao tempo de serviço, cada contrato teria uma jornada máxima de quatro horas diárias, o que significaria um pagamento de R$ 20 por dia de trabalho. Ainda nesse valor, o governo investiria mais R$ 10 e a empresa mais R$ 10.

Governo fecha parceria com empresas

Para garantir o andamento da pauta, Guedes informou está dialogando com diversas empresas multinacionais. Ele espera que o projeto passe a ser integrado por meio do Carteira Verde e Amarela, outro programa empregatício elaborado em sua gestão.

É válido ressaltar que por meio do BIP, o estudante não terá direito aos benefícios da carteira de trabalho, como FGTS, férias, abono salarial, 13º salário, previdência, etc.

Segundo o ministro, em breve ele estará anunciando os resultados do emprego para o mês de abril, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Se a gente criar 200 mil novas vagas, será um milhão no primeiro quadrimestre”, destacou.

Para mais informações sobre o BIP e demais contratações no mercado de trabalho, acompanhe nossa página exclusiva de carreiras.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.