iFood libera pagamento por PIX em todo Brasil; saiba como usar

A partir desta semana, os usuários da plataforma de delivery iFood já podem pagar seus pedidos utilizando o PIX. Os pagamentos através da solução do Banco Central são gerenciados pela Zoop, mesma fintech encarregada da conta digital do iFood para entregar o dinheiro aos comerciantes cadastrados.

iFood lança pagamento por PIX em todo Brasil; saiba como usar
iFood lança pagamento por PIX em todo Brasil; saiba como usar (Imagem: Divulgação/iFood)

Praticamente todos os endereços cadastramos no iFood podem utilizar o PIX para pagar seus pedidos.

“Para disponibilizar rapidamente o Pix para o iFood e outros clientes, desenvolvemos a tecnologia de integração da plataforma de pagamentos da Zoop com o sistema brasileiro de transferências instantâneas, criando um modelo eficiente, seguro e adequado às regras técnicas e regulatórias definidas pelo Banco Central”, explicou Alessandro Raposo, CMO da Zoop.

A opção de pagamento com o PIX aparece após o usuário selecionar o que quer pedir, no mesmo local onde ficam as opões de pagamento já conhecidas. Agora, além dos cartões, o usuário verá o logo do PIX e a compra é praticamente finalizada, porém ela fica suspensa até o fim da operação.

5 minutos para receber o pagamento 

O usuário que opta pelo pagamento através do PIX, recebe um código e tem até cinco minutos para copiar e colar no app da instituição financeira de sua preferência e finalizar o pagamento.

Somente após este processo é que o pedido é confirmado e entra na fila de preparo do restaurante.

Caso o pagamento não seja confirmado ou simplesmente não aconteça dentro do tempo determinado, que fica em um contador dentro do app do iFood, o pedido é cancelado de forma automática.

“O desenvolvimento do Pix em parceria com o iFood teve como principal objetivo oferecer uma nova opção de pagamento prática e conveniente. Para os clientes que preferem pagar pelo delivery de forma instantânea, o Pix será uma ótima alternativa, bem como também atenderá o público que não possui cartão de crédito ou não quer dispor de seu limite de compras”, afirma Raposo.

O PIX em estabelecimentos comerciais é uma das maneiras de popularizar esta nova solução de pagamentos e transferências. Em especial, para consumidores que não tem cartão de débito ou crédito.

A solução do BC já é utilizada, por alguns instituições, para autenticar uma assinatura eletrônica ou até mesmo pagar as compras no caixa do supermercado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA