Bolsa Família diminui beneficiários e Comissão cobra explicações

A Comissão Temporária da Covid-19 pediu esclarecimento ao Ministério da Cidadania pela redução realizada no programa de assistência social, Bolsa Família. O número de beneficiários foi reduzido durante o final do ano passado e início deste ano.

Bolsa Família diminuí beneficiários e Comissão cobra explicações
Bolsa Família diminuí beneficiários e Comissão cobra explicações (Imagem: montagem/FDR)

A redução no número de beneficiários do Bolsa Família atingiu as regiões Norte e Nordeste. Diante disso, a Comissão Temporária da Covid-19 solicitou uma explicação do ministro da Cidadania, João Roma.

O requerimento partiu da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) e foi aprovado no Senado Federal na última segunda-feira (17). João Roma precisa apresentar dados e planilhas que informem os cortes de gastos do ministério.

Além disso, o requerimento pede que seja informado o número de famílias que aguardam na lista de espera do programa Bolsa Família. Diante disso, o Ministério da Cidadania também precisará apresentar o número de novos beneficiários.

Com esses dados será analisado se a quantidade de inserções é equivalente ao número de pedidos. Dessa maneira, é esperado o envio dos dados pelo ministro Roma para o Senado Federal nos próximos dias.

Em justificativa para o requerimento, a senadora Gama apresentou os dados publicados pelo Consórcio dos Governadores do Nordeste. Nesse documento, é indicado que 86 mil famílias entraram em situação de extrema pobreza entre o período de março de 2020 a janeiro de 2021.

Mesmo sendo duas regiões que concentra o maior número de famílias em situação de vulnerabilidade social, o Nordeste é o que mais sofre. De acordo com os dados do Consórcio, a região Nordeste contabilizou 48.116 novas famílias em situação de pobreza extrema.

Já a região Norte, o número é de 35.012. Sendo assim, mesmo sendo um alto número são 13.104 a menos que a outra região. Diante disso, é esperado que o Ministério da Cidadania volte o olhar para a população nordestina.

Por esse motivo, o Ministério da Cidadania, segundo Gama, deve rever o processo de seleção para o programa Bolsa Família. Além disso, a senadora afirma que é necessário considerar o novo cenário social com a pandemia de Covid-19.

A pandemia tem contribuído para o aumento do desemprego, principalmente entre os trabalhadores informais. Com isso, tem influenciado no aumento de pessoas em situação de pobreza e pobreza extrema.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Bolsa Família diminui beneficiários e Comissão cobra explicações

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA