Fortaleza e Sobral têm flexibilização na economia após ordem de Camilo

A partir de hoje, 17, passam a valer nas macrorregiões de Fortaleza e Sobral, as determinações do novo decreto anunciado pelo governador Camilo Santana na semana passada. O decreto amplia o horário de funcionamento das atividades econômicas, como restaurantes e o comércio.

Fortaleza e Sobral têm flexibilização na economia após ordem de Camilo
Fortaleza e Sobral têm flexibilização na economia após ordem de Camilo (Imagem: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

Já as outras regiões (Cariri, Sertão Central e Vale do Jaguaribe) permanecem seguindo as medidas anteriores em decorrência dos números da pandemia.

De acordo com a anúncio realizado na última sexta, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 optou por regionalizar a flexibilização da quarentena como medida de segurança. O decreto é valido para 100 municípios do Ceará: 56 na região de Sobral e 44 na da Capital Fortaleza.

Novos horários determinados para Fortaleza e Sobral

  • Comércio de rua: 10h às 19h
  • Comércio em shopping: 12h às 21h
  • Restaurantes: 10h às 21h (com capacidade de até 50%)
  • Academias: Até as 21h
  • Toque de recolher: 22h às 5h (em todo o Estado)

De acordo com o novo decreto fica autorizado também a prática de esportes individuais em clubes, escolas de esporte e arenas. As escolas e universidades podem aplicar aulas práticas e atividades extracurriculares, além de cursos de música, informática, idiomas, etc.

Municípios que compõem a macrorregião de Fortaleza

Acarape, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Capistrano, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, General Sampaio, Guaiuba, Guaramiranga, Horizonte, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Itapiúna, Maracanaú, Maranguape, Miraíma, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, Pindoretama, Redenção, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama

Municipios que compõem a macrorregião de Sobral

Ararendá, Acaraú, Alcântaras, Ararendá, Barroquinha, Bela Cruz, Camocim, Cariré, Carnaubal, Catunda, Chaval, Coreaú, Crateús, Croatá, Cruz, Forquilha, Frecheirinha, Granja, Graça, Groaíras, Guaraciaba do Norte, Hidrolândia, Ibiapina, Independência, Ipaporanga, Ipu, Ipueiras, Irauçuba, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Marco, Martinópole, Massapê, Meruoca, Monsenhor Tabosa, Moraújo, Morrinhos, Mucambo, Nova Russas, Novo Oriente, Pacujá, Pires Ferreira, Poranga, Quiterianópolis, Reriutaba, Santa Quitéria, Santana do Acaraú, São Benedito, Senador Sá, Sobral, Tamboril, Tianguá, Ubajara, Uruoca, Varjota, Viçosa do Ceará.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Fortaleza e Sobral têm flexibilização na economia após ordem de Camilo

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA