Revisão da vida toda pode ser aprovada! INSS libera NOVO cálculo de aposentadorias

Segurados do INSS poderão refazer os cálculos de suas aposentadorias. O processo de revisão da vida toda está prestes a ser encerrado e se aprovado resultará em acréscimos financeiros para a população. Sob o apoio do Procurador Geral da República, Augusto Aras, a pasta deve ser finalizada ao longo das próximas semanas.

Revisão da vida toda pode ser aprovada! INSS libera NOVO cálculo de aposentadorias (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Revisão da vida toda pode ser aprovada! INSS libera NOVO cálculo de aposentadorias (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A revisão da vida toda pelo INSS nada mais é do que uma análise nos salários dos segurados registrados antes de junho de 1994. Por meio dele, a população poderia ter reajustes no pagamento de suas pensões e aposentadorias considerando as alterações do piso nacional ao longo destes anos.

A proposta vem sido estudada pelo poder público há meses, mas se mostra cada vez mais favorável. Na última quinta-feira (06), Aras explicou que se trata de um passo importante para estabelecer o funcionamento do cálculo previdenciário.

Desconsiderar o efetivo recolhimento das contribuições realizado antes de 1994 vai de encontro ao direito ao melhor benefício e à expectativa do contribuinte, amparada no princípio da segurança jurídica, de ter consideradas na composição do salário de benefício as melhores contribuições de todo o seu período contributivo.

Quem pode solicitar o benefício?

O processo de solicitação da revisão é destinado exclusivamente para quem vem contribuindo com a previdência desde antes de 1994. Nesse caso, o cidadão precisa ainda se enquadrar nos seguintes requisitos:

  • Não pode ser beneficiário do INSS a partir das regras da Reforma da Previdência de 2019;
  • Sendo necessário ter tido acesso ao benefício do INSS após 19 de novembro de 1999;
  • Se ultrapassar o prazo de 10 anos desde o primeiro pagamento do salário do benefício, não é possível solicitar o benefício.

Solicitação

Para solicitar é preciso acionar o INSS via processo administrativo. Isso implica dizer que o cidadão precisa reunir suas documentações, revisitar o calculo de sua previdência e cumprir as vistorias abaixo:

  • Análises de carnês pagos pelo segurado;
  • Contribuições com a previdência antes de 1994;
  • Analisar as possíveis alterações na carteira;
  • Sendo necessário levar para a análise o cadastro CNIS (Cadastro de Nacional de Informações Sociais).

Com todos os informes corretos, basta acessar o Meu INSS, informar os dados de identificação pessoal e na função ‘revisão da vida toda’ sinalizar o interesse.

Os documentos devem ser todos digitalizados e anexados na mesma plataforma. Em caso de dúvidas o sujeito pode entrar em contato através do 135.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Revisão da vida toda pode ser aprovada! INSS libera NOVO cálculo de aposentadorias

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA