Matrícula na CNH Social de Goiás termina essa semana; saiba como fazer

Termina no próximo sábado, 15, o prazo para os selecionados no programa CNH Social do Estado de Goiás, fazerem a matrícula. Os 1.153 aprovados no processo devem realizar esta etapa pelo site do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO)

Matrícula na CNH Social de Goiás termina essa semana; saiba como fazer
Matrícula na CNH Social de Goiás termina essa semana; saiba como fazer. (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A lista de aprovadas foi divulgada no dia 30 de abril e também pode ser acessada pelo site do Detran-GO. Vale ressaltar que a consulta deve ser feita diretamente pelo portal indicado, pois o órgão não tem o costume de enviar a lista por e-mail nem entrar em contato diretamente com os candidatos. 

O Detran de cada unidade federativa é a entidade responsável por todos os trâmites relativos à CNH Social. Neste sentido, a matrícula também deve ser feita pelo mesmo local. Basta identificar e abrir o formulário e preenchê-lo com todas as informações pessoais.

Em seguida, o aspirante a condutor deve abrir o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) e fazer o agendamento voltado à entrega presencial dos documentos de identificação, comprovação social e de residência em uma das unidades do Detran-GO.

Na oportunidade, o órgão informou que 3 mil candidatos foram classificados na primeira chamada, mas até o momento, apenas 1.847 já se matricularam.

Se o candidato não respeitar o cronograma de matrícula e demais etapas até dar início às aulas práticas e teóricas, ele será desclassificado da CNH Social.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Além do mais, os selecionados poderão contar com alguns benefícios como a aquisição, alteração ou inclusão de categorias da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A CNH Social também concede a isenção de uma série de taxas relativas ao processo de obtenção da carteira de motorista, como a taxa de inclusão no Renach, licença de aprendizagem de direção veicular, agendamento da prova teórica e do exame prático.

Os selecionados no programa também não precisam efetuar o pagamento pelos exames psicológico e médico, bem como a junta médica na situação específica do candidato com deficiência, além do toxicológico expressamente proibido em categorias profissionais.

O programa CNH Social firma uma parceria direta com várias autoescolas pelo Estado participante. Desta forma é possível oferecer cursos teóricos de legislação de trânsito, aulas práticas de direção e até três retestes. 

Até a última atualização, a composição da lista de Estados que disponibilizam a CNH gratuita é a seguinte:

  • Espírito Santo;
  • Bahia;
  • Amazonas;
  • Maranhão;
  • Ceará;
  • Paraíba;
  • Pernambuco;
  • Rio Grande do Sul;
  • Rio Grande do Norte;
  • Distrito Federal;
  • Goiás;
  • São Paulo;
  • Minas Gerais;
  • Roraima.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.