Banco Inter e Original oferecem cartão de crédito e conta digital para crianças

Pontos-chave
  • Objetivo das contas Kids é trazer noções de educação financeira;
  • No Inter os pais podem fazer investimentos através da conta Kids;
  • No Original as crianças a partir de 10 anos pode ter um cartão de crédito.

Desde cedo é importante que as crianças e adolescentes tenham noções de educação financeira. E este é o objetivo das contas digitais voltadas para o público infanto-juvenil. Nesta matéria você vai conhecer as contas Kids do Banco Inter e do Original.

publicidade
Banco Inter e Original oferecem cartão de crédito e conta digital para crianças
Banco Inter e Original oferecem cartão de crédito e conta digital para crianças (Imagem: Canal Inter)

Banco Inter 

No Inter, através da Conta Digital Kids, as crianças e adolescentes podem gerenciar seu dinheiro através do aplicativo. Para criar a conta é necessária apenas a autorização dos pais ou responsáveis legais.

A Conta Kids tem um cartão de débito opcional e acesso a área de investimentos. A principal finalidade do produto é fornecer educação financeira aos menores de idade.

publicidade
  • Conta Digital Kids Inter: Como funciona?

Através da conta kids é possível fazer movimentações de débito e ainda investimentos. O responsável pode pedir um cartão de débito com bandeira Mastercard no nome do menor de idade e se for preciso, é possível bloqueá-lo em caso de perda ou roubo. A função crédito do cartão não está disponível para a conta kids.

A conta possui ainda o acesso à Plataforma Aberta de Investimentos (PAI) do Inter, que permite investir dinheiro com o acompanhamento de responsáveis.

Entre as opções de investimento estão a renda fixa, fundos de investimentos e previdência privada. Somente  o tesouro direto e o Home Broker não estão disponíveis para a conta kids.

“Acreditamos que educação financeira é coisa séria, assim como garantir o futuro dos pequenos. Por isso, lançamos uma conta para que os jovens possam aprender a controlar seus gastos, ter mais responsabilidade e até mesmo começar a investir em seu futuro desde cedo”, explicou João Vitor Menin, CEO do Banco Inter.

Um ponto que pode ser negativo é que o aplicativo não possui nenhum mecanismo de controle de gastos, ou movimentações financeiras dos menores de idade.

publicidade

A orientação do Inter para os pais é que eles acessem a conta dos filhos em seu próprio celular e verifiquem as transações efetuadas.

  • Como abrir a conta Kids no Inter 

Para abrir a conta kids do Inter é preciso que o menor de idade tenha RG e CPF. A forma de cadastro é similar ao da conta comum.

publicidade

Faça o download do app e vá na opção abrir conta. Na sequência, insira os dados do menor e do responsável. 

É obrigatório que os dados inseridos sejam do pai ou mãe e, no caso de outro responsável legal, é preciso enviar documentos que comprovem a guarda. O tutor não precisa ter conta no Inter.

Para finalizar o processo, tire uma selfie para comprovar a identidade e mande fotos dos documentos usados no cadastro. O prazo para a análise dos dados e documentação é de até 10 dias. Após a aprovação da conta, o cartão chega ao endereço cadastrado em até 7 dias.

publicidade

Quando a conta for aprovada, os pais ou responsáveis receberão um cartão de débito personalizado.

Banco Original anuncia operação inédita com saque em lojas físicas
Conta Kids do Banco Original (Imagem: Reprodução/Facebook)

Banco Original 

A fintech também está mirando no público infantil e lançou um cartão adicional para crianças a partir de 10 anos. Os usuários dos cartões Internacional, Gold, Platinum ou Black podem solicitar este cartão acional.

publicidade

O dependente pode utilizar o limite de crédito do cartão do titular e não paga anuidade. O responsável pode acompanhar, em tempo real, os gastos efetuados no cartão adicional  e controlar o limite. É possível solicitar até 5 cartões adicionais para crianças. 

Da mesma forma que o Inter, a proposta do Banco Original é trazer educação financeira para as crianças com a participação dos pais. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O head de cartões, Simão Kovalski, diz que “os pais sentem a necessidade de preparar os filhos”. “E com esse cartão, não só damos as ferramentas para ajudar na educação financeira como também facilitamos esse controle”, disse.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.