Campo Grande altera isolamento durante Dia das Mães; comércio vai abrir?

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), informou que está sendo realizado um estudo para que no final de semana do dia das mães, a cidade adote um toque de recolher mais curto. Dentre 22h às 5h neste sábado sábado.

Campo Grande altera isolamento durante Dia das Mães; comércio vai abrir?
Campo Grande altera isolamento durante Dia das Mães; comércio vai abrir? (Imagem: Reprodução / Prefeitura de Campo Grande)

 

A intenção é permitir ao comércio um horário estendido nesta que é a segunda data mais lucrativa para o setor no ano.

A previsão que os representantes do comércio fizeram indicam que cerca de  R$ 190 milhões circulando para a compra de presentes às mães. Essa declaração do prefeito foi dita após uma reunião com o governador Reinaldo Azambuja.

Status de Campo Grande

Nesta semana, o status das cidades deve ser atualizado pelo Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir). Atualmente, de acordo com o plano a Capital está em risco extremo, com toque de recolher às 20h, até as 5h.

O prefeito garantiu que Campo Grande deve ir para a bandeira vermelha. nesta bandeira, o horário de circulação vai das 21h às 5h. Só pode estar na rua quem trabalha nos serviços essenciais da cidade.

Infecção por Covid-19 no estado

O Mato Grosso do Sul tem 224,2 mil casos e 5.542 óbitos por covid-19. Somente, nas últimas 24h da última semana, foram 647 infectados e 28 mortes confirmadas.

A cidade de Campo Grande lidera o ranking da doença com 93.634 contaminados e 2.380 mortes, desde o começo da pandemia em 2020. A taxa de ocupação de leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) em 97%.

Além de Campo Grande, Itaquiraí está em bandeira cinza, a mais severa. As outras 77 cidades estão ou em bandeira laranja ou amarela.

Flexibilização

No começo do mês, o Mato Grosso do Sul decidiu relaxar as medidas de restrição contra a pandemia após duas semanas com regras duras. 

Com isso, o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), permitiu que os comércios não essenciais funcionassem.

Mas reforçou que as empresas devem respeitar as regras de distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e ações de biossegurança, como disponibilização de álcool em gel.

Nas cidades com bandeira verde, amarela e laranja, o toque de recolher é das 22h às 5h. Municípios com bandeira vermelha, entretanto, devem seguir a determinação a partir das 21h. Na bandeira cinza, o toque de recolher começa às 20h.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.