Palmas-TO abre cadastro para receber auxílio emergencial de R$ 200

Moradores de Palmas (TO), terão acesso a um novo auxílio emergencial. Mesmo com a aprovação do coronavoucher pelo governo federal, a prefeitura municipal informou que estará liberando mensalidades de R$ 200 para a população de baixa renda. O cadastramento no projeto foi iniciado nessa segunda-feira (26) e se estenderá até o dia 7 de maio.

Palmas-TO abre cadastro para receber auxílio emergencial de R$ 200 (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Palmas-TO abre cadastro para receber auxílio emergencial de R$ 200 (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Intitulado de Cartão da Família, o programa concederá um auxílio emergencial de R$ 200 para os moradores de Palmas que tiveram suas rendas afetadas pela pandemia. A previsão é de que cerca de 15 mil pessoas sejam contempladas ao longo das próximas semanas.

Inscrições abertas

Para poder participar o cidadão deve, até o dia 7 de maio, realizar sua candidatura feita pela internet. Ao acessar a página, basta preencher o formulário de identificação apresentada e anexar a documentação solicitada, como RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

O resultado deverá ser divulgado ainda na primeira quinzena de abril. Aqueles que tiverem o pedido indeferido terão um prazo de até três dias para levantar recursos e solicitar uma nova análise. O procedimento, por sua vez, deverá ser feito através do e-mail cartaodafamilia@palmas.to.gov.br.

Na sequência, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) fará uma revisão, liberando a resposta em até 5 dias. 15 dias depois o primeiro pagamento passará a ser efetuado.

Quem pode receber auxílio emergencial no Tocantins

Para receber é preciso:

  • Ser maior de 18 anos
  • Residir em Palmas há pelo menos um ano
  • Ter renda familiar inferior a dois salários mínimos
  • Nenhum membro do grupo familiar pode estar inscrito em outros programas de transferência de renda, nem receber benefício previdenciário ou assistencial

A gestão informou que a consideração de um grupo familiar será a partir de lares que tenham o cônjuge ou companheiro, os pais. E, na ausência de um deles, madrasta ou padrasto, irmãos solteiros, filhos e enteados solteiros e menores tutelados, todos devem viver na mesma casa.

Sobre o auxílio emergencial

Além de Palmas, há outras cidades concedendo seus programas de transferência de renda como Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro, etc. Para acompanhar os cronogramas de inscrição e pagamento dos projetos, acesse nossa página exclusiva do coronavoucher.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.