Greve da CAIXA pode paralisar serviços a partir de hoje (27); saiba detalhes

Nesta terça, 27, os funcionários da Caixa Econômica Federal fazem uma paralisação de 24 horas para protestar contra as ações do governo na gestão do banco estatal, de acordo com o Sindicato dos Bancários.

Greve da CAIXA pode paralisar serviços a partir de hoje (27); saiba detalhes
Greve da CAIXA pode paralisar serviços a partir de hoje (27); saiba detalhes (Imagem: Reprodução Luis Cardoso)

O estado de greve foi decidido em assembleia na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, porém a entidade diz que a ação terá adesão nacional.

As razões mencionadas para a greve foram a abertura de capital da Caixa Seguridade, já que o sindicato é contrário a esta decisão. O pagamento integral da PLR Social, que o sindicato alega que o benefício não foi pago da forma correta, e uma maior proteção contra a covid-19 nas agências, entre outros motivos.

O sindicado solicita também que os candidatos aprovados no concurso de 2014 sejam contratados.

“A mobilização dos empregados junto ao movimento sindical foi motivada por uma série de ataques, tanto contra instituição financeira, como aos direitos históricos dos trabalhadores”, disse Dionísio Reis, diretor do Sindicato e funcionário da Caixa.

A recomendação da entidade é que os funcionários não se dirijam as agências nesta terça. Os trabalhares que estão trabalhando em casa, foram recomendados a não logar no sistema do banco.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Caixa afirma que participa das negociações 

A Caixa Econômica disse em nota que “participa de mesa permanente de negociação com as representações sindicais”. 

A instituição falou ainda que “está realizando a maior operação de pagamento de benefícios sociais da história, com liberação do auxílio emergencial e Bolsa Família, além da prestação de diversos serviços essenciais”.

“Cabe destacar que milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade serão atendidos na rede de varejo da Caixa ao longo desta semana”, finalizou a Caixa.

O que funciona 

Através da assessoria de imprensa, a Caixa disse que a quantidade de agências sem funcionamento não é relevante. E que a ideia é que os programas sociais como o Auxílio Emergencial e o Bolsa Família não sejam prejudicados. 

O Bolsa Família pode ter os valores movimentados pelo Autoatendimento através do site ou aplicativo. Já o auxílio ainda está sendo pago e não pode ser movimentado neste momento.

O número de agências fechadas em decorrência da greve ainda não foi contabilizado pelo Sindicato dos Bancos.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.