Ações da Caixa Seguridade estão disponíveis para compra até hoje (26); veja como adquirir

Hoje, 26, termina o período de reserva para pequenos investidores adquirirem ações da Caixa Seguridade antes da estreia da instituição na bolsa. Seu lançamento está previsto para esta quinta, 29. Com o código CXSE3.

Ações da Caixa Seguridade estão disponíveis para compra até hoje (26); veja como adquirir
Ações da Caixa Seguridade estão disponíveis para compra até hoje (26); veja como adquirir (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A subsidiária da Caixa Econômica possui a terceira maior participação no mercado de seguros brasileiro, representando 13,5% do total. 

Se destaca nesta oferta pública inicial da Caixa, a fatia de até 50% voltada para a oferta de varejo, uma quantidade bem maior que o normal. Desta porcentagem, 10% serão alocados majoritariamente para os funcionários da Caixa.

Também serão prioridade na alocação, quem aceitar o lockup (período no qual não se pode vender as ações) de 45 dias.

A Caixa Seguridade obteve um faturamento no ano passado de R$35,9 bilhões, englobando prêmios emitidos de seguros, contribuições oriundas de previdência privada e arrecadações de títulos de capitalização, com aumento anual de 13,1%.

As receitas operacionais foram de R$ 2,2 bilhões, com um crescimento de 7,9%. Já o lucro subiu 15,2%, a R$ 1,8 bilhão.

Em situações em que ações já existentes são vendidas e os recursos ficam com acionistas vendedores, como é o caso da Caixa, a oferta é secundária. 

Os investidores interessados na reserva de ações da Caixa Seguridade, devem avisar a corretora quantos papéis deseja adquirir na oferta pública inicial e qual valor estão dispostos a pagar.

O valor máximo para participar da primeira venda de ações da Caixa Seguridade é de R$1 milhão.

O intervalo indicativo de preço por ação definido pela empresa ficou entre R$9,33 e R$12,67. Em casos de ofertas de ação, as empresas e os bancos encarregados testam uma faixa de preço. 

Caso a vendas sejam concluídas nos valores mais altos, significa que a demanda pelos papéis foi grande. Por outro lado, se a venda acontecer no valor mais baixo, significa que a demanda pelos papéis foi pequena.

Nesta terça, 27, o valor será fixado. Considerando o meio da faixa, no valor de R$11, e a oferta base de 450 milhões de ações, a operação pode movimentar cerca de R$4,9 bilhões. 

A nova oferta da Caixa Seguridade revela uma redução significativa da fatia a ser vendida e também do preço projetado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.