Antecipar restituição do IRPF 2021: Banco Inter, Santander e Itaú oferecem crédito

Pontos-chave
  • A antecipação da restituição pode ser obtida pela indicação do banco na declaração do IR;
  • O empréstimo tem a incidência de taxa de juros;
  • Os interessados devem analisar a situação financeira pessoal antes de solicitar o empréstimo.

Ao declarar o Imposto de Renda, os contribuintes podem ter alguma quantia a receber. No entanto, o pagamento pode demorar. Para quem precisa do dinheiro com a antecedência, há bancos que possibilitam antecipar restituição do IRPF 2021. Descubra ofertas de empréstimo do Banco Inter, Santander e Itaú.

Antecipar restituição do IRPF 2021: Banco Inter, Santander e Itaú oferecem crédito
Antecipar restituição do IRPF 2021: Banco Inter, Santander e Itaú oferecem crédito (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Antecipação da restituição do IRPF pelo Banco Inter

Os correntistas do Banco Inter podem ter acesso à antecipação do Imposto de Renda. Esta linha de empréstimo está disponível para os clientes que têm dinheiro a receber pela Receita Federal.

Para poder ter a antecipação, o interessado deve ser correntista do Inter e usar a conta há pelo menos seis meses. O correntista deve cadastrar os dados da Conta Digital do Banco Inter no momento do envio da declaração do Imposto de Renda.

Caso o interessado não tenha informado os dados da conta na declaração, ainda há a possibilidade de fazer a retificação e incluir o banco no sistema da Receita Federal. Depois de escolher o banco, basta solicitar a antecipação da restituição do Imposto de Renda.

A antecipação de restituição do Banco Inter possui taxas a partir de 3,49% ao mês. Esta possibilidade de empréstimo tem tido ampla divulgação, quando foram liberadas restituições entre R$ 1,9 mil e R$ 7 mil.

Para entender informações sobre a liberação de crédito, o cliente pode entrar em contato com a central de atendimento.

Antecipação da restituição do IRPF pelo Santander

No Santander, os clientes podem antecipar até 100% da restituição do Imposto de Renda 2021. Assim que o crédito for aprovado, o cliente receberá o valor da restituição direto na conta corrente. O pagamento será feito em uma única parcela, no momento que receber a restituição na respectiva conta.

Se o valor não for creditado na conta corrente até o último lote da restituição previsto pela Receita Federal, o prazo máximo para pagamento é outubro do mesmo ano.

Para realizar o contrato, os clientes devem indicar na declaração a respectiva conta corrente do Santander para o crédito da restituição do IR. O empréstimo pode ser solicitado pelo internet banking, aplicativo Santander, caixas eletrônicos, central de atendimento ou na agência Santander.

Os juros cobrados pelo Santander são a partir de 1,69% ao mês. Cabe destacar que a aprovação está sujeita à análise de crédito e às demais condições do produto no momento da contratação.

Antecipação da restituição do IRPF pelo Itaú

O crédito pode ser obtido por quem indicou o Itaú para receber a restituição do respectivo Imposto de Renda. O crédito antecipa o valor na hora na conta corrente. O pagamento acontece somente quando receber a restituição. O pagamento é feito em uma única parcela.

Todas as taxas e encargos são esclarecidos no momento da contratação. A contratação da antecipação pode ser realizada pelo Itaú na internet, Itaú no celular e caixa eletrônico Itaú.

Caso não tenha o crédito pré-aprovado para a antecipação do Imposto de Renda, é possível ir entrar em contato em uma agência Itaú, ou ligue na Central (30 Horas 4004 4828 Capitais e regiões metropolitanas e 30 Horas 0800 970 4828 Demais Localidades).

Neste caso, a pessoa precisa apresentar o recibo de entrega da declaração, em que consta a indicação do Itaú para recebimento da restituição e o protocolo de envio à Receita Federal.

Os juros cobrados são a partir de 1,73% ao mês. Os clientes do varejo e Uniclass possuem limite de restituição de até R$ 5 mil.

Os clientes Personnalité contam com limite de R$ 10 mil. Cabe destacar que a disponibilidade pode variar conforme a política de crédito.

A antecipação da restituição do IR tem sido uma alternativa para quem precisa de crédito rapidamente
A antecipação da restituição do IR tem sido uma alternativa para quem precisa de crédito rapidamente (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Vale a pena antecipar restituição do IRPF 2021?

Como a antecipação do Imposto de Renda é um empréstimo pessoal, vale lembrar que há incidência de juros. Sendo assim, o interessado em contar com esta linha de crédito deve analisar a necessidade do dinheiro.

Outro ponto a ser considerado é o tempo de espera pela liberação da restituição. Se o dinheiro da restituição fizer falta, e a pessoa não estiver disposta a esperar os possíveis meses para ter acesso à restituição, a antecipação pode ser considerada.

Caso o valor a ser emprestado seja utilizado para pagar uma dívida mais cara — que poderá resultar em prejuízos maiores —, por exemplo, a solicitação do crédito pode valer a pena.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.