Belém cria auxílio emergencial com parcelas de R$ 450 para público feminino

A Prefeitura de Belém do Pará criou o Bora Belém, uma espécie de auxílio emergencial voltado para famílias de baixa renda. Com um orçamento de R$30 milhões, o programa prevê o pagamento de uma parcela de até R$450, a depender da composição de cada família. Saiba mais.

Belém cria auxílio emergencial com parcelas de R$ 450 para público feminino
Belém cria auxílio emergencial com parcelas de R$ 450 para público feminino (Imagem: Reprodução/Jornal Contabil)

Para receber a ajuda, os moradores não precisam fazer cadastro, sendo necessário somente manter a inscrição no CadÚnico.

Os beneficiários são registrados pela Funpapa (Fundação Papa João 23) ligada à Prefeitura de Belém, que consegue detectar quais famílias da capital que não estão recebendo nenhum tipo de auxílio do governo. Sendo assim, mesmo sem a necessidade de um cadastro, estas famílias receberão o Bora Belém. 

A meta inicial do programa é atender cerca de 9 mil famílias da capital. Os pagamentos serão efetuados através do Banpará (Banco do Estado do Pará), que criou um site para que os beneficiários consultem a concessão do benefício.

O valor será disponibilizado após a criação de um cartão do benefício. Um contato será necessário para este procedimento. Confira os detalhes do programa.

Bora Belém 

Programa de auxílio para beneficiar as famílias de baixa renda que estão em situação vulnerável em decorrência da pandemia do coronavírus.

Quanto será pago

Será pago até R$ 450 reais em apenas uma parcela da seguinte maneira:

  • Mulheres com um filho recebem R$150 
  • Mulheres com dois ou três filhos recebem R$ 300 
  • Mulheres com mais de três filhos recebem R$ 450

Quem pode receber

Podem receber as famílias que contam com uma renda per capita de até R$89 por mês. O benefício também engloba as mães solteiras com filhos, ou famílias com gestantes ou mães em fase de amamentação.

Cadastro 

Para receber é preciso manter o CadÚnico sempre atualizado. Os cadastros do Bora Belém estão sob a responsabilidade da Funpapa. A fundação é a responsável pela checagem das informações e da seleção das famílias que podem receber o benefício.

Como consultar se tenho direito 

As consultas podem ser feitas através do site do Banco do Estado do Pará. Serão pedidos o CPF e data de nascimento.

Famílias que tem direito e não receberam 

Neste caso, é preciso contatar a Fundação Papa João 23, pelo telefone (91) 3279-5427. É possível que alguma informação incorreta no CadÚnico seja o motivo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA