Flexibilização da quarentena: Veja o que volta a funcionar em CINCO capitais

Pontos-chave
  • As medidas podem passar por mudanças conforme a variação da pandemia de covid-19;
  • Os comércios devem respeitar o horário de funcionamento estabelecido;
  • Alguns estabelecimentos podem funcionar, mas com maiores restrições.

Com as mudanças do estágio da quarentena, os governos estaduais e prefeituras têm adotado novas medidas restritivas. Por meio da flexibilização da quarentena, diversos comércios passam a poder funcionar. Entenda as medidas adotadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre e Manaus.

Flexibilização da quarentena: Veja o que volta a funcionar em cinco capitais
Flexibilização da quarentena: Veja o que volta a funcionar em cinco capitais (Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Flexibilização da quarentena em São Paulo

Desde este domingo (18), o estado de São Paulo entrou na fase de transição da quarentena. Com esta medida, os shoppings e lojas de rua podem funcionar, das 11h às 19h. As atividades religiosas também estão autorizada, mas com restrições. Esta decisão vale até dia 30 de abril.

A partir do dia 24 de abril, a fase de transição também permitirá a abertura de restaurantes e similares, salão de beleza e barbearia, atividades culturais e academias. O horário permitido será das 1h às 19h — com exceção das academias, que será das 7h às 11h e 15h às 19h.

Os parques serão abertos a partir de 24 de abril. No entanto, o horário ainda não foi definido. Bares não possuem autorização para atendimento presencial, mas podem operar como restaurantes — com público sentado, serviço de alimentos para acompanhar as bebidas.

Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou as medidas de proteção à vida até o próximo dia 27. Seguem proibidos todos os tipos de eventos, festas, rodas de sambas — em áreas públicas e particulares. Também há proibição do funcionamento de boates, danceterias, salões de dança e casas de espetáculo.

Os bares, lanchonetes e restaurantes podem funcionar até 21h, com uma hora de tolerância. O comércio pode funcionar das 10h às 18h. Os museus, bibliotecas, cinemas, teatros e parques estão autorizados das 12h às 21h.

A medida não permite o trabalho de ambulantes na praia e estacionamento na orla. Somente os moradores da região podem para os veículos. As feiras especiais, como as de artesanato, permanecem fechadas.

A decisão mantém a proibição de pessoas na areia das praias. Há autorização apenas para a realização de atividades físicas individuais e coletivas, desde que não cause aglomeração.

Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, autorizou o funcionamento dos shoppings centers, centos comerciais e lojas de rua nesta segunda (19). Esta medida atende os pedidos de representantes da categoria. Isto ocorre porque o comércio não funcionará nesta quarta-feira (21), devido ao feriado de Tiradentes.

Desde o início de abril, os shoppings em Salvador funcionam de terça à sábado, das 10h às 19h nos dias de semana e em horário livre no sábado. A prefeitura anunciou que os estabelecimentos autorizados a funcionar sem restrição de dias poderão funcionar na quarta, desde que possuam acessos independentes.

No início do mês, o prefeito havia anunciado o retorno escalonado das atividades econômicas. Como destaque, a Prefeitura tinha estabelecido que os shoppings centers, centros comerciais e comércio de rua passaram a ser autorizadas entre terça e sábado.

As academias, hotéis e igrejas não tiveram restrições de dias. Também havia sido determinado que os cinemas, teatros e praias seguissem suspensos.

Diversas regiões do país passaram a adotar medidas mais flexíveis da quarentena
Diversas regiões do país passaram a adotar medidas mais flexíveis da quarentena (Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Porto Alegre

Seguindo as flexibilizações do governo estadual neste mês, a prefeitura de Porto Alegre passou a ampliar o funcionamento para o comércio não essencial e o setor gastronômico. A nova medida prevê o funcionamento aos finais de semana. As lojas podem abrir até 20h, e, os bares e restaurantes, até 22h.

Os restaurantes, lanchonetes, bares e sorveterias estão permitidos apenas para refeições. As academias passaram a poder funcionar todos os dias da semana até as 22h.

Os supermercados, farmácias e serviços essenciais estão autorizados a funcionar todos os dias. O comércio não essencial está permitido todos os dias, das 5h às 20h.

Manaus

A partir desta segunda-feira (19), um novo decreto amplia o horário de funcionamento do comércio no Amazonas, com validade de 15 dias. Os supermercados poderão funcionar das 6h às 22h.

Os shoppings possuem autorização para a abertura até as 22h de segunda a sábado e até as 17h aos domingos.

As unidades de visitação de atrativos naturais podem funcionar desde que estejam autorizadas pelas unidades de conservação. Com relação às visitas de barco, os turistas não possuem autorização para desembarcar para contato com ribeirinhos e indígenas.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.