Vestibular da UERJ tem calendário alterado com nova data para prova

O adiamento do Vestibular da UERJ acontece em meio ao agravamento da situação do estado diante do Corona Vírus. As provas agora vão acontecer somente em julho. Para quem não conseguiu fazer a escolha do curso essa é uma nova oportunidade de realizar essa etapa.

Vestibular da UERJ tem calendário alterado com nova data para prova
Vestibular da UERJ tem calendário alterado com nova data para prova (Imagem: Reprodução/Governo do Rio de Janeiro)

O Brasil passa pelo pior momento da pandemia, com altos índices de morte e centenas de novos casos registrados todos os dias.

De acordo com dados levantados pela Fiocruz, só no mês de abril, o estado do Rio de Janeiro registrou a maior média móvel de mortes, quebrando o recorde que era do mês de julho do ano passado.

Foi exatamente esse cenário que fez com que o vestibular 2021 fosse adiado. Já que a é necessário optar pela preservação da vida de todos os envolvidos no processo, conforme informou a universidade.

Vestibular da UERJ adiado

Em seu portal a instituição justificou o adiamento:

A medida foi tomada em função do agravamento da pandemia de Covid-19 e das projeções negativas das autoridades sanitárias e das instituições científicas, bem como da Comissão para Acompanhamento e Suporte à Tomada de Decisão sobre o Coronavírus no Âmbito da Universidade. O modelo de prova e os programas das disciplinas permanecem os mesmos“.

Com o adiamento as provas acontecerão em 18 de julho. Além disso, quem não havia feito a escolha do curso terá uma nova chance.

Já que, desde a última quarta-feira a Universidade Estadual do Rio de Janeiro reabriu o sistema para opção de curso e de cotas https://www.vestibular.uerj.br/.

Os estudantes devem acessar o portal e fazer sua escolha até o próximo domingo, 18.

Quem acessar o sistema para fazer a sua opção de cotas deve ainda enviar os documentos exigidos no edital de seleção.

Prova 2021 da UERJ

Como a instituição afirmou, o modelo de prova permanece o mesmo divulgado anteriormente.

Ou seja, os candidatos terão que responder a 60 questões objetivas, valendo 1,5 ponto cada uma. E uma redação valendo 10 pontos.

Além da estrutura, a universidade também decidiu manter as obras literárias que serão cobradas:

  • Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto, para a prova de Língua Portuguesa/ Literatura;
  • 1984, de George Orwell, para a prova de Redação

Fique bem informado, acompanhe a editoria de carreiras do FDR .

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.