FIES 2021: Taxas e condições para contratar financiamento estudantil

O programa FIES 2021 é o sistema que oferece as menores taxas de juros para financiamentos estudantil. Além disso, os candidatos com renda familiar de até 1, 5 salários mínimos podem aderir o financiamento sem juros. Confira todas as condições e regras do programa abaixo.

FIES 2021: Taxas e condições para contratar financiamento estudantil
FIES 2021: Taxas e condições para contratar financiamento estudantil (Imagem: Reprodução Portal FDR)

FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) em 1999. Ele oferece financiamento aos estudantes dos cursos de graduação em universidades privadas.

Além disso, o programa só financia cursos nas Instituição de Ensino Superior com excelente nota de avaliação dada pelo Ministério da Educação (MEC).

O programa foi criado para facilitar o acesso ao público de baixa renda nas universidades privadas. Por isso, o seu público alvo são os estudantes com renda familiar baixa.

Pré-requisitos para participar:

  • Ter participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010;
  • Ter tirado nota mínima de 450 pontos, em média, na prova e 400 pontos na redação do Enem;
  • Ter renda de até 3 salários mínimos por família;
  • Ter conta corrente na agência Caixa onde irá assinar o contrato.

Taxas e condições do FIES 2021

Os estudantes aprovados da seleção do FIES, terão as mensalidades do seu curso paga pelo governo. Esse financiamento será pago após o término do curso, as mensalidades serão definidas de acordo com a renda familiar de cada um.

Os estudantes com renda familiar de até 1,5 salário mínimo, podem conseguir taxa zero de juros. No tempo em que o estudante estiver cursando o curso, ele deverá pagar uma taxa referente ao encargo operacional fixado em contrato.

Ao finalizar o curso, caso o estudantes esteja trabalhando com registro formal, ele pode optar por descontar as mensalidades direto da sua folha de pagamento. O governo estipulou um período de até 14 anos para o estudante quitar a dívida.

Para quem contratar o financiamento em um banco parceiro, as taxas de juros vão depender do banco. Mas não têm os mesmos encargos de um empréstimo comum.

Seleção

Após ser aprovado no FIES, o estudante deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), da instituição de ensino escolhida e validar à sua candidatura.

Feito isso, o próximo passo é comparecer em alguma agência da Caixa Econômica munido dos seguintes documentos:

  • Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);
  • Documento de identificação;
  • CPF do candidato ou do seu representante legal;
  • Certidão de casamento (se for casado);
  • Comprovante de residência.

Mariana CastroMariana Castro
Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes - SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a sessão de carreiras do FDR.