Detran-SP libera desconto de 40% para taxas pagas DESTA forma

Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) anunciou que os motoristas passam a contar com desconto de até 40% em multas de trânsito que forem acessadas e pagas de forma online. Esta opção passou a estar disponível por meio do Sistema de Notificação Eletrônica (SNE).

Detran-SP libera desconto de 40% para taxas pagas desta forma
Detran-SP libera desconto de 40% para taxas pagas desta forma (Imagem: reprodução/Governo do Estado de São Paulo)

Pelo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), os condutores poderão ter desconto em autuações. Com a implantação desta novidade, os usuários terão como acessar as notificações de multas de forma online. Os condutores aderentes poderão ter 60% de desconto.

O SNE chegou com a vigência das novas regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As novas leis de trânsito entraram em vigor nesta segunda-feira (12). Esta nova medida segue a digitalização que o Detran-SP tem praticado.

Com a novidade, os motoristas poderão acompanhar e efetuar o pagamento antecipado pela internet. Na mesma plataforma, o SNE deve disponibilizar campo para defesa prévia e recurso.

O diretor-presidente do Detran-SP, Ernesto Mascellani Neto, afirma que o SNE é uma das principais mudanças positivas no Código de Trânsito Brasileiro. Como o foco do agente público deve ser sempre a população, ele destaca a importância do oferecimento de desconto.

Mascellani reforça que o Detran-SP constantemente investe na ampliação e aprimoramento dos serviços digitais. Ele afirma que estas ações possuem o objetivo de oferecer mais autonomia e comodidade.

O diretor-presidente da autarquia ainda indica que a adesão ao SNE é mais uma maneira de facilitar a vida do cidadão paulista, que ganhará em transparência, economia e rapidez.

Detran-SP enviará 740 mil notificações de multas até setembro

O Detran-SP informou que as notificações de infrações cometidas entre 26 de fevereiro e 30 de novembro de 2020 estão sendo enviadas gradualmente aos condutores. Este período se refere ao da suspensão dos prazos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O prazo obedece a um cronograma de 10 meses, contados a partir da data de cometimento da infração.

A autarquia alega que o cidadão não precisa se deslocar a uma unidade do Detran-SP ou Poupatempo para buscar informações. Isto se deve porque os prazos para defesa de autuação, indicação de condutor e recursos foram estendidos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.