Vacinação da gripe começou! Veja grupo prioritário na aplicação da dose

Brasil dá início a uma nova campanha de vacinação. Nesta segunda-feira (12), todos os estados nacionais passaram a aplicar a dose do imunizante contra a gripe. O medicamento está sendo ofertado nos postos de saúde dos municípios e nesse momento prioriza os idosos. A previsão é de que a primeira rodada se encerre até o dia 10 de maio, com grupos já determinados.

Vacinação da gripe começou! Veja grupo prioritário na aplicação da dose (Imagem: Reprodução/Prefeitura de Congonhas)
Vacinação da gripe começou! Veja grupo prioritário na aplicação da dose (Imagem: Reprodução/Prefeitura de Congonhas)

Em tempos de novo coronavírus, manter a imunidade alta tem sido essencial. Diante da atual realidade, o Sistema Único de Saúde (SUS), iniciou sua campanha de vacinação contra a gripe. Apesar do medicamento não ser eficaz contra a covid-19, auxilia na diminuição de riscos de contágio do vírus.

Grupos e fases da vacinação

De acordo com o calendário liberado pelo Ministério da saúde, a campanha será dividida em três fases, de forma escalonada, para evitar os riscos de aglomerações. A divisão e ordem de prioridade vem funcionando da seguinte forma:

  • 12 de abril a 10 de maio: crianças a partir de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas (crianças de 6 meses a 18 anos) e trabalhadores da saúde.
  • 11 de maio a 8 de junho: idosos e professores
  • 9 de junho a 9 de julho: pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.

Recomendações sobre a vacina em tempos de covid

Há algumas informações importantes que estão sendo ressaltadas pelo Ministério da Saúde. Tendo em vista o início dos estudos sobre a coadministração dos imunizantes, a população não deve tomar ambos os medicamentos simultaneamente.

Desse modo, quem está no grupo prioritário da covid-19, devem primeiro tomar tal medicamento e posteriormente a dose contra a gripe, aplicando um intervalo de ao menos 14 dias.

O governo ressaltou, no entanto, que a imunização da gripe é extremamente importante e pode auxiliar na manutenção da imunidade dos mais vulneráveis.

O medicamento, conforme explicou a equipe de saúde, previne o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde. Além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.