13° salário do INSS: Quem vai receber, valor e calendário das duas parcelas

Pontos-chave
  • Segurados do INSS recebem 13º salário antecipadamente;
  • Calendário de pagamentos foi anunciado;
  • Governo pode liberar um 14º salário em dezembro.

Governo federal confirma a antecipação do 13º salário do INSS e libera calendário. Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que estará liberando o abono natalino dos aposentados e pensionistas. De acordo com ele, o benefício será dividido em duas rodadas, sendo a primeira depositada em maio.

13° salário do INSS: Quem vai receber, valor e calendário das duas parcelas (Imagem: Reprodução/ACEB)
13° salário do INSS: Quem vai receber, valor e calendário das duas parcelas (Imagem: Reprodução/ACEB)

Mais uma injeção financeira está prestes a acontecer. Na corrida contra o novo coronavírus, o governo federal vem liberando uma série de benefícios com a finalidade de garantir a rotatividade do PIB Nacional.

Com o auxílio emergencial já em andamento, o próximo calendário de pagamentos é referente a antecipação do 13º salário do INSS.

Abono natalino antecipado

De acordo com os informes já concedidos, o benefício será disponibilizado em duas rodadas. A primeira está marcada para o mês de maio e equivalerá a 50% do valor do 13º. Ou seja, durante esse período o cidadão deverá receber seu salário tradicional ofertado mensalmente e mais 50% dessa quantia.

Para quem recebe R$ 3.000 por exemplo, o valor a ser depositado em maio é R$ 4.500, ou seja, R$ 3.000 do salário de maio + R$ 1.500 da metade do décimo terceiro. Confira as datas dos depósitos:

Calendário de antecipação da primeira rodada do 13° salário do INSS

Final Maio Junho
1 25/mai 24/jun
2 26/mai 25/jun
3 27/mai 28/jun
4 28/mai 29/jun
5 31/mai 30/jun
6 01/jun 01/jul
7 02/jun 02/jul
8 04/jun 05/jul
9 07/jun 06/jul
0 08/jun 07/jul

Benefícios com valor acima de um salário mínimo

Final Maio Junho
1 e 6 01/jun 01/jul
2 e 7 02/jun 02/jul
3 e 8 04/jun 05/jul
4 e 9 07/jun 06/jul
5 e 0 08/jun 07/jul

É importante ressaltar que o INSS atua com dois cronogramas distintos. O primeiro é referente ao grupo que recebe até um salário mínimo e o segundo para quem está acima dessa quantia. Em ambos os casos a concessão do abono está garantida.

Quem poderá receber o 13º salário antecipado?

O processo de seleção feito pelo INSS é simples, o benefício vai ser concedido para todos os segurados que recebem salários fixos pela previdência. Esse valor pode ser referente não somente a aposentadoria, como aos demais benefícios:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário-maternidade.

Formas de pagamento

No que diz respeito aos meios de pagamento, o órgão deverá manter a forma tradicional. Ou seja, o benefício será enviado para a conta bancária informada pelos segurados e como ocorrerá a saque fica por sua escolha.

Há quem deseje usar o recurso apenas pelo aplicativo de seu banco e quem tenha o interesse de sacar toda a quantia.

É importante ressaltar que antecipação do abono natalino pelo INSS, diferentemente do auxílio emergencial, não é concedida pelo Caixa Tem, o que significa que não precisa esperar até 30 dias para o saque.

Previsão da segunda parcela

De acordo com os informes liberados pelo governo, os demais 50% restantes serão pagos em junho. Nessa rodada, no entanto, o cidadão deverá ficar atento aos descontos do imposto de renda.

O valor das taxas aplicadas varia de acordo com a declaração prestada para a Receita Federal de cada sujeito.

13° salário do INSS: Quem vai receber, valor e calendário das duas parcelas (Imagem: Carl de Souza/AFP)
13° salário do INSS: Quem vai receber, valor e calendário das duas parcelas (Imagem: Carl de Souza/AFP)

Haverá 14º salário em dezembro?

No que diz respeito a criação de um 14º salário, como cogitado pelo governo em 2020, ainda não há previsão. De acordo com o ministro da economia, Paulo Guedes, a definição do pagamento só poderá ser feita no segundo semestre.

Isso porque o governo federal tem que contabilizar o valor gasto no auxílio emergencial e demais benefícios federias para entender o andamento de seu cofre. Analistas acreditam que a concessão de um 14º não será aprovada, tendo em vista as previsões econômicas negativas para 2021.

Como poupar o benefício?

Diante do atual cenário de crise e instabilidade, os contemplados devem utilizar os recursos com sabedoria. Para quem estiver com as contas em aberto, o valor deve ser utilizado para sanar quaisquer tipos de débitos que resultem em juros e multas de atraso.

Já para aqueles que estiverem com a contabilidade em dia e recebendo valores fixos para além do INSS, recomenda-se a poupança. Nesse caso, guardar o benefício é uma forma de garantir um valor reserva mais a frente, em uma situação de emergência.

Para mais informações sobre o 13º salário do INSS ou demais benefícios, acompanhe o nosso portal.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.