Auxílio emergencial ’em processamento’; o que isso quer dizer?

Desde terça-feira (6), o governo tem distribuído o auxílio emergencial para quem nasceu no mês de janeiro. Apesar disso, diversos beneficiários alegaram que que receberam uma mensagem indicando o auxílio emergencial ’em processamento’ no aplicativo Caixa Tem.

Auxílio emergencial 'em processamento'; o que isso quer dizer?
Auxílio emergencial ’em processamento’; o que isso quer dizer? (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A preocupação de algumas pessoas ocorre por conta do prazo para abrir contestação. Os nascidos em janeiro têm até dia 12 de abril para isto. No entanto, a abertura da contestação ainda não é possível, pois o auxílio não foi aprovado e nem negado.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o banco não possui responsabilidade pelo ocorrido. Segundo ele, todos os nomes enviados pela Dataprev receberam o depósito. A Dataprev é a responsável pela gestão dos cadastros dos beneficiários.

Ministério da Cidadania comenta sobre o status do auxílio emergencial ‘em processamento’

Segundo o Ministério da Cidadania, ao G1, quem encontra a mensagem de que o benefício está “em processamento” ainda pode receber os valores, caso tenha o requerimento aprovado.

Este status, presente no app Caixa Tem, indica que o requerimento passa por uma nova avaliação. Este procedimento é realizado a partir das informações mais recentes disponíveis nas bases de dados do governo.

Estas informações sobre o pagamento estarão disponíveis após o Dataprev processar os lotes remanescentes, reprocessar os retidos no primeiro lote e analisar o público do programa Bolsa Família.

O ministério ainda alegou que, caso a aprovação aconteça depois da data programada para o pagamento da primeira parcela, o valor será pago após a conclusão do processo.

Nova rodada do auxílio emergencial

O auxílio deste ano será pago em até quatro parcelas. Os valores variam de acordo com a composição familiar.

O trabalhador que mora sozinho receberá parcelas de R$ 150. No caso de família composta por mais de uma pessoa, o benefício mensal será de R$ 250. Já no caso de mãe, sozinha, responsável pelo sustento de um filho menor de 18 anos, a quantia será de R$ 375.

O auxílio emergencial 2021 será direcionado aos beneficiários que tiveram autorização e receberam o benefício até o último mês do ano passado. Apesar disso, houve a implementação de alguns filtros. Uma dessas mudanças é que pode haver somente um beneficiário por família.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.