Caixa tem lotação com início do auxílio emergencial; veja se você precisa ir ao banco

O primeiro dia de pagamento do auxílio emergencial 2021 resultou em inúmeras e extensas filas por várias agências da Caixa Econômica Federal (CEF) em todo o Brasil. O cenário repete um problema que foi constantemente abordado no ano passado, durante os nove meses em que o benefício foi pago inicialmente. 

Caixa tem lotação com início do auxílio emergencial; veja se você precisa ir ao banco
Caixa tem lotação com início do auxílio emergencial; veja se você precisa ir ao banco. (Imagem: Reprodução/Google)

Especialmente devido à recomendação de distanciamento e isolamento social para combate à pandemia da Covid-19, é preciso reforçar que neste primeiro momento, o valor do auxílio emergencial ficará disponível apenas para movimentação na conta poupança social digital pelo aplicativo Caixa Tem. 

A previsão é para que os saques e transferências para outras agências bancárias sejam liberados somente a partir do dia 4 de maio, de acordo com o calendário divulgado pela Caixa Econômica e Ministério da Cidadania

Sendo assim, no aplicativo o usuário consegue movimentar o dinheiro mediante o pagamento de boletos de água, energia, entre outros. Também é possível realizar compras através da leitura de QR Code emitido por máquinas de cartão, bem como pelo cartão de débito virtual e PIX.

Nesta terça-feira, 6, foi disponibilizado o pagamento da primeira parcela para os beneficiários nascidos no mês de janeiro. Os depósitos da primeira parcela serão efetuados no decorrer deste mês de abril, se baseando no mês de nascimento dos cidadãos. Portanto, pela lógica, os nascidos em dezembro terão a vez no dia 30 de abril

Enquanto isso, os beneficiários que são inscritos no Bolsa Família também serão contemplados pelo auxílio emergencial, tendo em vista que o valor do benefício se sobressai.

Os depósitos para este grupo serão feitos respeitando o calendário oficial do programa de transferência de renda, Bolsa Família. Desta forma, nos últimos dez dias úteis de cada mês, o valor será disponibilizado de acordo com o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

Ao todo, cerca de 45,6 milhões de brasileiros serão contemplados pela nova rodada do auxílio emergencial. Sendo que este ano, poderão receber o benefício somente os cidadãos aprovados na etapa inicial no ano de 2020. Ou seja, terão direito ao auxílio emergencial 2021, aqueles que:

  • Receberam o auxílio emergencial em 2020;
  • Que tenham renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300,00);
  • Que tenham renda familiar per capita de até meio salário mínimo R$ 550,00);
  • Que sejam trabalhadores informais ou beneficiários do Bolsa Família;
  • Que estejam desempregados, mas que não recebam seguro-desemprego;
  • Que sejam Microempreendedores Individuais (MEI).

O valor desta etapa será variável, se baseando nas características apresentadas pelo próprio beneficiário no cadastro inicial, ficando da seguinte forma:

  • R$ 150,00 para beneficiários que moram sozinhos;
  • R$ 250,00 para o representante de um grupo familiar;
  • R$ 375,00 para mães chefes de família.

Aqueles que desejam verificar se receberão o auxílio emergencial em 2021, podem acessar um dos seguintes canais:

Laura AlvarengaLaura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR