Caixa Habitação diz que emprestou 75% mais em 2021 do que em 2020

Nesta segunda-feira (5), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que o banco teve crescimento nos empréstimos no primeiro bimestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Segundo ele, o Caixa Habitação teve 75% a mais de empréstimos.

Caixa Habitação diz que emprestou 75% mais em 2021 do que em 2020
Caixa Habitação diz que emprestou 75% mais em 2021 do que em 2020 (Imagem: Reprodução/Caixa)

O presidente da Caixa revelou que, no primeiro bimestre de 2021, o banco emprestou, em crédito habitacional com recursos da poupança (SBPE), 75% a mais do que o mesmo período de 2020. Vale destacar que a instituição já havia batido recorde de empréstimos imobiliários no ano passado.

O anúncio foi feito durante a entrega de empreendimento do Casa Verde e Amarela, em São Sebastião, Distrito Federal. O evento contou com a presença do presidente de república, Jair Bolsonaro.

De acordo com Pedro Guimarães, este resultado recente significa um milhão a mais de empregos. Ele destaca que nunca a Caixa emprestou tanto. O presidente da instituição alega que a Caixa está presente na vida da população brasileira, especialmente a mais humilde.

Guimarães ressalta que mais de um milhão de famílias estão sendo beneficiadas poque a Caixa não parou. Ele indicou que o banco cresceu em 70% o crédito de um ano atrás.

Caixa Habitação alcança resultado recorde em 2020

A carteira de crédito habitacional da Caixa chegou a mais de meio trilhão de reais em 2020. A instituição atingiu o volume de R$ 509,8 bilhões e 5,6 milhões em contratos.

A Caixa segue como o maior financiador da casa própria no país, com 68,8% do mercado. Segundo a instituição, este resultado é fruto de ações dos últimos anos. O banco passou a adotar reduções de taxas, criação de produtos e implementação da jornada digital do financiamento.

Em dezembro de 2020, a Caixa atingiu o maior volume de concessão de crédito imobiliário da história. Foram R$ 116,0 bilhões contratados no ano passado. Este número representa um crescimento de 42,4% nos últimos dois anos, com 564,6 mil novos financiamentos.

As contratações de crédito imobiliário com recursos da poupança passaram de R$ 13,5 bilhões em 2018, para R$ 53,7 bilhões em 2020. O resultado representa uma alta de 298%. Em comparação ao ano de 2019, o crescimento registrado foi de 103%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.